Diretora do Grupo Rio da Prata recebe Troféu Celina Jallad

Por proposição do presidente Paulo Corrêa (PSDB), a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) realizou na última terça-feira (10), em Campo Grande (MS), a cerimônia de entrega do Troféu Celina Jallad para homenagear mulheres que atuam em vários segmentos da sociedade e possuem a trajetória pautada no desejo de construir um Estado melhor para se viver.

Ao todo, 24 mulheres representando as sul-mato-grossenses, receberam o troféu instituído pela Resolução 3/2011, em homenagem à deputada estadual e primeira mulher a fazer parte do grupo de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MS), falecida em 28 de fevereiro de 2011.

Simone Spengler Coelho, sócia-proprietária do Grupo Rio da Prata, no qual fazem parte os atrativos Estância Mimosa Ecoturismo, Recanto Ecológico Rio da Prata e a Lagoa Misteriosa, localizados em Bonito e Jardim (MS), foi homenageada pelo deputado e presidente da Casa de Leis, Paulo Corrêa (PSDB).

Simone Spengler Coelho (centro) ao lado de Adriana Corrêa e do Presidente da Assembleia Legislativa de MS, Paulo Corrêa. Foto: Luciana Nassar/ ALEMS

É uma grande honra receber o Troféu Celina Jallad, um prêmio muito importante para o reconhecimento das mulheres sul-mato-grossenses. Quero agradecer ao Presidente da Assembleia, o Deputado Paulo Corrêa pela indicação. São 25 anos dedicados ao ecoturismo, um trabalho feito com muito amor, respeito, paixão e cuidado pela natureza. Quero compartilhar essa homenagem com a minha família e as mulheres da nossa equipe. Gratidão”.

Os atrativos turísticos do Grupo Rio da Prata são resultados de um projeto familiar que colocou em prática a capacidade de empreender e inovar, com o propósito de criar um modelo de ecoturismo organizado com visitação limitada, focado em qualidade e segurança, e viável economicamente.

Contribui com 60 empregos diretos e cerca de 200 indiretos, como os guias de turismo, agências de turismo locais, hotéis, restaurantes, motoristas de taxi e vans, operadoras de mergulho e comércio.

Vencedor de diversos prêmios por sua atuação no ecoturismo, conservação ambiental, responsabilidade social e desenvolvimento da comunidade, entre eles, finalista no prêmio “Tourism for Tomorrow Award 2019” do WTTC (World Travel & Tourism Council), na categoria Destination Stewardship; Prêmio Nacional do Turismo 2019, promovido pelo Ministério do Turismo em parceria com o Conselho Nacional de Turismo (CNT) e Prêmio Braztoa de Sustentabilidade, promovido pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo.

Além de Simone Spengler Coelho, foram homenageadas Adriana Bellei, Amanda Cristine Balancieri Iunes, Carla Fernandes Lago Zaher, Bruna Oliveira, Dharleng Campos de Oliveira, Eliana Izabel Regasso de Souza, Elizabeth Anache, Erika Karla Barros da Costa, Eudirce Isabel dos Reis Fiorese, Fátima Pereira de Souza, Filomena Aparecida Fluminhan, Gedália Ferreira de Ávila, Geyse Castro Ortega, Giselle Marques de Araújo, Jhossina Velasquez Chacon, Lauane Andrekowisk Volpe Camargo, Liz Danielli Derzi Wasilewski de Matos Oliveira, Maria Emilia Ramalho Sulzer, Maria José Martins Maldonado, Neca Chaves Bumlai, Marilia de Brito Martins, Noemi Mendes Siqueira Ferrigolo e Vanessa Moreira de Araujo.

Sobre o Prêmio

O troféu Celina Jallad, instituído pela Resolução 03/2011, é conferido anualmente às mulheres com reconhecida atuação no Estado. Celina Jallad deixou um legado de respeito e dedicação à todas as mulheres do Estado. Foi a terceira mulher a assumir um mandato no Legislativo Estadual e a primeira mulher a ocupar o cargo de conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE/MS). Com carisma, simpatia e exercício de liderança com integridade e humildade em seus mandatos, a ex-deputada desbravou caminhos, defendendo sempre a igualdade social e a igualdade de gênero.

Foto: Luciana Nassar/ ALEMS.

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.