Colaboradores da Estância Mimosa participam de capacitação sobre combate e prevenção a incêndio realizado em Bonito

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Mato Grosso do Sul (Senar/MS) realizou em Bonito (MS) o curso de “Prevenção e Combate a Incêndio em Áreas Rurais”, dividido em três turmas, entre os dias 23 e 24 de agosto, 25 e 26 de agosto e 27 e 28 de agosto.

A capacitação teve o intuito de instruir os colaboradores das propriedades rurais a empregar técnicas corretas de prevenção e combate a incêndio.

Jonison Fernandes Zavala e Carlos Chaves, colaboradores da Estância Mimosa Ecoturismo, passeio de cachoeiras em Bonito, participaram do curso. “O curso foi muito bom, aprendemos coisas novas que vão nos auxiliar nas ações de combate aos incêndios, caso necessário”, disse Carlos.

Conceitos básicos sobre incêndios; Prevenção de incêndios; Combate de incêndios; Procedimentos de primeiros socorros e Prática de combate terrestre, foram alguns dos temas abordados no curso.

De acordo com informações do Senar/MS, as aulas procuram apoiar o Grupo de Trabalho de Combate ao Fogo em Bonito, que obtém parceria da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, do IMASUL, do ICMBio e da Polícia Militar Ambiental, além do Sindicato Rural de Bonito, local de realização.

A Estância Mimosa, assim como o Recanto Ecológico Rio da Prata, passeio de flutuação localizado em Jardim (MS), realizam anualmente a capacitação para seus colaboradores sobre Brigada de Incêndio, uma das exigência dos Sistemas de Gestão de Segurança existentes nos atrativos.

Já receberam também curso sobre Noções Básicas de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais, promovido também pelo Senar/MS e possuem equipamentos de combate a incêndios, como abafadores, máquina costal, trator com lâmina, tanque de combate incêndio com capacidade para 8 mil litros; entre outros.

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.