Chef de cozinha indígena Letícia Nogueira e integrantes da Organização Caianas de Miranda visitam a Estância Mimosa

A Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) recebeu no dia 25 de novembro a visita da Letícia Mendes, primeira chef indígena do país, acompanhada por integrantes da Organização Caianas de Miranda, Arildo Cebalio, líder do Coletivo; Ederval Antônio e Rosilene de Arruda.

O grupo participou do Cata Guavira, evento que ressalta a cultura gastronômica de Mato Grosso do Sul, e que nesta edição destacou as vozes dos povos que, como originários das terras, são as maiores referências de agroextrativismo sustentável.

Na Estância Mimosa realizaram o passeio de cachoeiras, degustaram da gastronomia regional e conheceram os projetos ambientais.

Em depoimento, disseram:

Tivemos o privilégio em conhecer a Estância Mimosa, um passeio enriquecedor, muito bom. Temos um trabalho voltado para o meio ambiente, através da agroecologia, e hoje vimos muitas coisas que nos fortaleceu bastante pois andamos em uma mata preservada, linda, fiquei muito feliz e volto desafiado em continuar o nosso trabalho de preservação do meio ambiente”, disse Arildo Cebalio.

Sobre a Chef
Preservar a cultura dos índios terena é missão para Letícia Mendes Nogueira e a culinária é a forma encontrada por ela para conquistar esse objetivo. Aos 35 anos, Kalymaracaya, como é chamada pelo seu povo, é a primeira chef indígena do país e com os pratos que faz, ela leva um pouco da aldeia para as mesas.

Na foto: Chef Letícia Mendes e Rosilene de Arruda.

Organização Caianas
Criada em 2005, a Organização Caianas nasceu em Miranda com a missão de resgatar e manter vivos os costumes e tradições do povo Terena, através de seminários, ações ambientais, projetos educativos, ampliação de áreas agroflorestais e mapeamento de árvores nativas no território indígena.

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.