Visita na Estância Mimosa

A Estância Mimosa (Bonito-MS) recebeu nesta quarta-feira (14) a visita de Lucas Mendes e sua esposa Rosiane, autores do perfil no Instagram @lucasramosmendes.

O casal realizou o passeio de trilha e cachoeiras e compartilhou alguns momento da experiência em seu canal como: o lago do atrativo, a lojinha, preparo do doce de leite artesanal e as cachoeiras.

Veja algumas fotos!

Estância Mimosa lança novos produtos em sua loja virtual

A Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) tem como uma de suas atrações o doce de leite, sobremesa preparada artesanalmente, servida no almoço e também comercializada na loja do atrativo.

Em 2017, o produto começou a ser vendido também na loja virtual da Estância Mimosa. A partir de agora, além do doce de leite, visitantes podem adquirir produtos relacionados aos atrativos do Grupo Rio da Prata, do qual a Estância Mimosa faz parte ao lado do Recanto Ecológico Rio da Prata e Lagoa Misteriosa.

Estão disponíveis para venda três modelos de caneca de porcelana, no valor de R$ 29 e bonés bordados, confeccionados em brim, com a logo da Lagoa Misteriosa e Recanto Ecológico Rio da Prata. O valor unitário é de R$ 44.

Os produtos são entregues em todo o Brasil.

Acesse: http://www.estanciamimosa.eco.br/loja/

Colaboradores do Grupo Rio da Prata participam de curso sobre Permacultura

Ter um estilo de vida mais simples, valorizar a vida comunitária e a própria produção de alimentos sem agrotóxicos. Esses foram alguns dos temas abordados durante o curso de permacultura, realizado nos dias 02 a 04 de agosto, no Núcleo Ser Vir a Vida, em Miranda (MS).

O evento, ministrado por Adriana Galbiat, Engenheira Ambiental e Permacultora, Mestre em Tecnologias Ambientais pela UFMS, contou com a participação dos colaboradores do Grupo Rio da Prata: Thyago Sabino, gerente da Estância Mimosa; Nádia Pisetta e Bruno Rocha, ambos biólogos do Recanto Ecológico Rio da Prata.

A Permacultura fornece fermentas baseadas no conhecimento científico e sabedoria ancestral para que pessoas ou instituições possam fazer escolhas conscientes e sustentáveis no dia-a-dia. Orienta-se em 3 princípios éticos: cuidar da terra, cuidar das pessoas e cuidar do futuro.

O curso com a Adriana Galbiati nos trouxe conhecimento de algumas técnicas relacionadas à conservação do solo, bioconstrução e saneamento ecológico. No primeiro dia, tivemos aula teórica, conhecemos um pouco dos princípios de Permacultura e uns aos outros. Já no segundo e terceiro dia, fomos introduzidos na prática ao conceito de banheiro seco, agrofloresta, círculo de bananeiras, bioconstrução e compostagem”, revelaram os colaboradores.

Para Thyago Sabino a participação no curso é uma oportunidade de “aprender e entender um pouco mais sobre permacultura e qual a sua importância no contexto de atividade que realizamos nos atrativos. A busca pela informação reforça muito a ideia em realmente fazer ecoturismo de uma forma prática e não só em palavras”. Cita ainda que as práticas vivenciadas podem ser de grande valia suprindo as demandas dos atrativos e melhorando a qualidade de vida do ambiente, dos colaboradores além de proporcionar uma experiência positiva para os visitantes. Já o biólogo Bruno Rocha revelou que “o curso foi sensacional e ampliou o horizonte para o que pode ser feito nos atrativos na questão de gestão de resíduos sólidos”.

Durante o curso aconteceu também a feira de trocas onde cada participante colocou um objeto pessoal à disposição para para trocar com os colegas. Roupas, sementes, comidas e serviços foram trocados.

O principal aprendizado que fica, é que a Permacultura vai muito além das técnicas. É um estilo de vida, uma filosofia, uma visão baseada no amor próximo, desde nossa existência atual até às futuras gerações. Cuidamos da terra, pois pertencemos a elas; cuidamos das pessoas, pois também precisamos de compaixão; colocamos limite ao nosso consumo partilhamos de tudo de forma justa, sendo generosos e entendendo que não existe fora. Vivemos e partilhamos dos mesmos recursos no planeta Terra, os resíduos que processamos continuam aqui”, finaliza Nádia.

Veja abaixo alguns momentos da capacitação:

Atrativos do Grupo Rio da Prata ilustram Azul Magazine

A edição 74 (Junho/2019) da Azul Magazine traz em suas páginas uma reportagem especial sobre o destino de ecoturismo brasileiro, Bonito no Mato Grosso do Sul. O destaque das belezas naturais da região pode ser observada já na capa da publicação, com uma imagem da Gruta do Lago Azul, considerada cartão postal da cidade.

Intitulada “50 Tons de Azul”, a reportagem de Manu Sombra, ilustrada por André Dib, ressalta a exuberância da natureza, a transparência das águas cristalinas e a diversidade de atrações e atividades a serem realizadas no passeio.

Na região de Bonito, no Mato Grosso do Sul, as definições de beleza e aventura são atualizadas a cada instante. Águas cristalinas, grutas pré-históricas e uma fauna exuberante convidam o viajante para um mergulho neste paraíso natural”, revela o texto.

A Lagoa Misteriosa, Recanto Ecológico Rio da Prata e o Buraco das Araras, em Jardim, foram citados na matéria, assim como a Gruta do Lago Azul, Rio Sucuri, Estância Mimosa Ecoturismo, Ceita Corê, Aquário Natural, Nascente Azul, localizados em Bonito.

Veja abaixo alguns trechos da reportagem:

“Entrar na Lagoa Misteriosa é mergulhar em um poço límpido cravado por feixes de sol que tornam a experiência fascinante. Desprender-se do colete para alguns segundos de apneia é se deixar levar por um estado profundo de encantamento…”

“Cortada pelo Rio Mimosa, a Estância Mimosa também nos presenteia com cachoeiras, passeios de barco e uma água verde-turquesa…”

“No rio Olho D’Água, que faz parte da flutuação no Recanto Ecológico Rio da Prata, a sensação é de nadar com a mesma desenvoltura dos dourados e piraputangas, que parecem nos encarar curiosas…a extensão (do rio) é um pouco maior, com direito a mergulho em ressurgências de água que lembram erupções vulcânicas e chacoalham a areia do leito, fazendo o barulho de uma pastilha efervescente…”

A reportagem cita ainda dicas de como ir; onde comer (Casa do João, Restaurante Tapera e Juanita); onde ficar (Marruá Hotel, Pousada do Peralta e Zagaia Eco Resort) e a agência de turismo, Bonito Way.

Cantor Jorge Vercillo visita a Estância Mimosa

A Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) recebeu na última segunda-feira (8) a visita do cantor Jorge Vercillo e sua esposa Martha Suarez. Acompanhados pelo Guia Morales, realizaram o passeio de trilha e conheceram as cachoeiras da Mimosa.

Em conversa com Thyago Sabino, gerente do atrativo, revelaram que se encantaram com a natureza, o cuidado e infraestrutura do passeio.

Nesta semana irão conhecer também os outros atrativos do Grupo Rio da Prata, o Recanto Ecológico Rio da Prata e a Lagoa Misteriosa.

Jorge Vercillo está no Estado para apresentação de um show em Campo Grande, no próximo sábado, 13 de julho. O evento será realizado no Palácio Popular da Cultura, a partir das 21h30. O repertório apresentará sucessos de todas as fases da carreira de Vercillo, como ‘Ela Une Todas as Coisas’, ‘Final Feliz’, ‘Monalisa’ e muito mais.

ABNT realiza auditoria na Estância Mimosa Ecoturismo

A Estância Mimosa (Bonito-MS) recebeu nos dias 13 a 15 de junho a auditoria de Paulo Sérgio Coelho de Andrade, auditor da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT em seu Sistema de Gestão da Segurança.

Com o objetivo de prevenir acidentes os atrativos implantaram em sua operação, em 2008, o Sistema de Gestão de Segurança (SGS), desenvolvido pelo Programa Aventura Segura da Associação Brasileira de Ecoturismo e Turismo de Aventura – ABETA e certificado pela ABNT Certificadora em 2010.

Desde então, a auditoria, que ocorre anualmente, garante que o Sistema de Gestão de Segurança Implantado obedece a Norma NBR ISO 21101 – Sistema de Gestão da Segurança, que estabelece os requisitos mínimos para um sistema de gestão da segurança (SGS) para prestadores de serviços das atividades de turismo de aventura, está conforme às normas exigidas para manter o atrativo certificado .

Thyago Sabino, gerente do atrativo reforça que desde 2010 a Estância Mimosa é certificada. “Ficamos extremamente orgulhosos em atender e ir além do que é exigido, já que a certificação é voluntária, e isso tende a, cada vez mais, empresas como a Estância Mimosa, o Recanto Ecológico Rio da Prata, o Abismo Anhumas e outras fortalecer as boas práticas dentro do destino de ecoturismo como um todo. Atualmente Bonito já tem conta cinco ou seis empresas certificadas e isso mostra que o destino busca se destacar através disto também. Para a Estância Mimosa é fundamental e importante estar nesse grupo seleto de empresas de turismo de aventura que buscam além da qualidade do serviço, a segurança e o melhor para o visitante através da certificação“.

Veja as fotos:

Auditor Paulo Sérgio Coelho de Andrade entre Thyago Sabno, Gerente da Mimosa e a guia de turismo, Helen Amorim.
Seu Tico e o auditor Paulo.

Filmagem na Estância Mimosa Ecoturismo

A Estância Mimosa (Bonito-MS) recebeu na última terça-feira (18) a visita de equipe de filmagem contratada pelo Bonito Convention Bureau (BCVB) para a produção de um novo vídeo promocional do destino de ecoturismo.
Foram feitas imagens na sede, do almoço e algumas cachoeiras do atrativo.

Veja fotos dos bastidores:

Cercada de belezas naturais, Estância Mimosa celebra 20 anos de atividades

A Estância Mimosa, passeio de trilha e cachoeiras localizada em Bonito (MS), destino conhecido pelos apaixonados por ecoturismo e turismo de aventura, comemora 20 anos de história, tradições e atividades nesta sexta-feira, 07 de junho de 2019.

Fundada em 1999, o passeio encanta pelo seu contato intenso com a natureza. Visitantes contemplam a paisagem, caminham pelas trilhas e se deparam com cachoeiras de águas cristalinas e nadam em suas piscinas naturais proporcionando uma experiência singular de ecoturismo.
Durante o percurso há a possibilidade de avistar diversos animais silvestres, entre eles macaco prego, anta, tamanduá, quati, capivara, veado, além de aves como o Udu-de-coroa-azul (ave símbolo de Bonito), tiriba-fogo, pipira-vermelha, rapazinho-do-chaco, pica-pau-louro, jaó, aracuã, sanã-parda, joão-pinto; entre outros. São mais de 250 espécies de aves catalogadas no local.

Além do passeio de trilhas e cachoeiras, a Estância Mimosa oferece passeio a cavalo, observação de aves e um almoço com pratos regionais, preparado em fogão à lenha.

“É com muita gratidão, orgulho e imensa alegria que estamos comemorando os 20 anos da Estância Mimosa! Se chegamos até aqui foi por termos uma equipe e parceiros comprometidos com esse sonho de fazer da Mimosa mais que um passeio, de ser um lugar multiplicador de boas práticas sócio ambientais que contribui para que o Brasil seja cada vez mais um destino de turismo sustentável”, revela Simone Spengler Coelho, diretora do atrativo.

Início
A história do passeio teve início em abril de 1998, data da aquisição pelo atual proprietário, Eduardo Folley Coelho, que tinha como principal objetivo desenvolver a atividade turística. Até essa data era utilizada apenas como fazenda de criação de gado. A partir de então começou a ser organizada a estruturada para receber visitantes, cuja primeira fase foi concluída em junho de 1999. Nesta época, o passeio foi aberto em caráter pré-operacional e durante os anos de 2000 e 2001, houve uma série de melhorias na estrutura física, no quadro de funcionários, ampliação da trilha e início dos passeios de barco e cavalo, culminando no atual modelo de operação. Ao mesmo tempo, várias ações ambientais também foram aplicadas como o abandono de áreas de pastagens para regeneração natural, plantio de mudas nativas e monitoramento ambiental.

Proteção
Em 2013, 65% da área total da Estância Mimosa foi transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN, uma categoria de Unidade de Conservação (UC) prevista no Sistema de Nacional de Unidade de Conservação (SNUC – Lei 9.985/2000), criada pela iniciativa do proprietário rural, ou seja, sem desapropriação de terra. No momento em que decide criar uma RPPN, o proprietário assume compromisso com a conservação da natureza, pois uma vez criada, tem caráter perpétuo.

Reconhecimento
Ao longo de sua trajetória e por sua responsabilidade socioambiental, a Estância Mimosa foi agraciada por importantes prêmios. Este ano, recebeu o reconhecimento, junto com os outros atrativos do Grupo Rio da Prata, o Recanto Ecológico Rio da Prata e a Lagoa Misteriosa, de “Finalista do Prêmio 2019 Tourism for Tomorrow Awards”, realizado pelo WTTC (World Travel & Tourism Council), na categoria Destinations Stewardship Award, voltado para organizações líderes que ajudam no desenvolvimento sustentável do destino, beneficiando seus moradores e visitantes. Foi vencedora no Prêmio ECO® 2018 realizado pela Amcham e Estadão se destacando na modalidade Práticas de Sustentabilidade, Categoria Produtos e Serviços, para Microempresas e Startup.

Em 2017 conquistou a Menção Honrosa Nacional no Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2017 pela sua relevância e capacidade de influência em favor do turismo sustentável; em 2012 recebeu o “Prêmio Estadual MPE Brasil”, nas categorias Turismo e Destaque Responsabilidade Social de Mato Grosso do Sul; em 2010 conquistou o 4º Prêmio Brasil de Meio Ambiente na categoria Categoria Melhor Trabalho em Ecoturismo e em 2009 conquistou o Prêmio estadual MPE Brasil na categoria Serviços de Turismo na região de Mato Grosso do Sul. Recebe anualmente o “Prêmio TripAdvisor – Certificado de Excelência”.

Sistema de Gestão de Segurança
Os atrativos do Grupo Rio da Prata implantaram em suas operações o Sistema de Gestão de Segurança (SGS), desenvolvido pelo Programa Aventura Segura da Associação Brasileira de Ecoturismo e Turismo de Aventura – ABETA e certificado pela ABNT Certificadora desde 2010. Através do SGS todos os funcionários participam de capacitações de primeiros socorros e simulados de acidentes a fim de garantir maior segurança para toda a equipe e visitantes. Em 2016, a Estância Mimosa foi o primeiro atrativo turístico do Brasil a receber a Certificação ISO 21101 (International Organization for Standardization), na modalidade caminhada e banho de cachoeiras.

Compartilhando experiência
Em seus 20 anos de operação turística, visitantes compartilharam depoimentos sobre a experiência vivenciada no passeio. Helena, de São Paulo, visitou o atrativo em seu primeiro dia de operação, acompanhada pelo guia de turismo Martins, em 07 de junho de 1999. “O passeio na trilha é muito agradável, as cachoeiras são lindíssimas. Apesar da época de frio, fomos brindadas com um sol maravilhoso e o maior prêmio foi avistar dois tamanduás, um tamanduá-bandeira e um tamanduá-mirim. Inesquecível”. Além do passeio, Helena realizou o plantio de mudas de árvores, das espécies angico, canafístula e embaúba.

Depoimentos de visitantes também são compartilhados no TripAdvisor. Tamires visitou o passeio este ano e revelou: “Estou apaixonada por cada cantinho da Estância Mimosa. Nela fizemos a trilha e tivemos a oportunidade de conhecer as variedades de vegetação e as encantadoras Cachoeiras… A comida desse lugar é um sonho, estava maravilhosa, e o doce? Nem se fala! Muito bom, com certeza deixou aquele gostinho de quero mais. E quer saber?! Logo estarei de volta!”.

“É um passeio maravilhoso! São 9 cachoeiras, cada uma mais linda do que a outra. A infraestrutura de serviço oferecida é impecável: guias bem preparados e atenciosos, equipamento de uso pessoal em boas condições e preocupação com a segurança do turista com a presença de equipamento de resgate e primeiros socorros, o que dá a todos sensação tranquilidade durante o passeio”, revela Olinda que avaliou o passeio em abril deste ano.

Visitas
As reservas para os passeios na Estância Mimosa são feitas pelas agências de turismo da região. Em nosso site encontrará algumas sugestões: https://www.estanciamimosa.eco.br/onde-comprar

Miss Júlia Horta visita atrativos do Grupo Rio da Prata

A Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS), o Recanto Ecológico Rio da Prata e a Lagoa Misteriosa (Jardim-MS) receberam nos dias 22 e 23 de maio, a visita da Miss Brasil Be Emotion, Júlia Horta.

A jovem se encantou com a natureza do destino de ecoturismo e revelou que a energia do lugar é “inexplicável”.

Na Estância Mimosa, Júlia Horta realizou o passeio de trilha e cachoeiras. Em suas redes sociais, revelou: “Estou impressionada até agora com a cor dessa água….Não estou sabendo lidar com esse lugar”.

Já no Recanto Ecológico Rio da Prata e na Lagoa Misteriosa, a modalidade escolhida foi a flutuação.

Mais dois passeios imperdíveis. O primeiro foi a Lagoa Misteriosa. A profundidade dela é desconhecida. A imensidão desse azulão incrível. Já no Recanto Ecológico Rio da Prata foi tão lindo ver os peixinhos de perto, as nascentes, a vegetação… foi uma das melhores experiências da minha vida. Mais um passeio que recomento totalmente! É no mesmo lugar da Lagoa Misteriosa, então dá pra fazer os dois no mesmo dia que nem a gente tranquilamente”.

A Miss visitou também outros atrativos da região e seguiu para o Pantanal.

Idealizadora do Blog Comer e Beber MS visita atrativos do Grupo Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) e a Estância Mimosa (Bonito-MS) receberam nos dias 10 e 11 de maio a visita de Marcia Marinho, idealizadora do perfil Comer e Beber MS, acompanhada por Thallyson Perez e também por Marcelo da R3MO Turismo.

O grupo realizou um Tour Gastronômico em alguns atrativos da região para, posteriormente, compartilhar as informações em seus canais.

Além de degustar da gastronomia típica da região, realizaram o passeio de trilha e flutuação no Recanto Ecológico Rio da Prata e também o passeio de trilha e cachoeiras na Estância Mimosa.