Diretores da Fly Tour e proprietário da Acquanauta visitam a Estância Mimosa

A Estância Mimosa Ecoturismo, passeio de cachoeiras em Bonito (MS), recebeu no dia 07 de junho a visita dos diretores da Fly Tour em Maringá PR), Marcelo Leme e Mariane Rios, do fotógrafo Carlos Eduardo Barreto e do instrutor de mergulho e proprietário da Acquanauta – Centro de Mergulho, Reinaldo Alberti.

A Estância Mimosa é uma experiência muito bacana, muito produtiva, o trabalho do guia de turismo foi sensacional, as cachoeiras são divertidíssimas e para finalizar tem um almoço de fazenda. O passeio é surpreendentemente bom”, revelou Reinaldo!

Clique aqui e confira o depoimento!

Estância Mimosa Ecoturismo completa 22 anos de operação turística

A Estância Mimosa Ecoturismo, passeio de trilha e cachoeiras localizada em Bonito (MS), comemora 22 anos de história, tradições e atividades nesta segunda-feira, 07 de junho de 2021.

Fundada em 1999, o passeio encanta pelo seu contato intenso com a natureza. Visitantes contemplam a paisagem, caminham pelas trilhas e se deparam com cachoeiras de águas cristalinas e nadam em suas piscinas naturais proporcionando uma experiência singular de ecoturismo.

Além do passeio de trilhas e cachoeiras, a Estância Mimosa oferece passeio a cavalo, observação de aves e um almoço com pratos regionais, preparado em fogão à lenha.

Proteção

Em 2013, 65% da área total da Estância Mimosa foi transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN, uma categoria de Unidade de Conservação (UC) prevista no Sistema de Nacional de Unidade de Conservação (SNUC – Lei 9.985/2000), criada pela iniciativa do proprietário rural, ou seja, sem desapropriação de terra. No momento em que decide criar uma RPPN, o proprietário assume compromisso com a conservação da natureza, pois uma vez criada, tem caráter perpétuo.

Reconhecimento

Ao longo de sua trajetória e por sua responsabilidade socioambiental, a Estância Mimosa foi agraciada por importantes prêmios. Em maio deste ano conquistou o Prêmio ECO® 2020/2021 – o mais tradicional troféu de sustentabilidade empresarial do Brasil, promovido pela Amcham (Câmara Americana de Comércio para o Brasil), na Categoria Produtos e Serviços, para empresas Microempresas e Startup, com o trabalho “Sustentabilidade é a alma do nosso negócio: Estância Mimosa, Bonito, MS”.

Em 2019, recebeu o reconhecimento, junto com os outros atrativos do Grupo Rio da Prata, o Recanto Ecológico Rio da Prata e a Lagoa Misteriosa, de “Finalista do Prêmio 2019 Tourism for Tomorrow Awards”, realizado pelo WTTC (World Travel & Tourism Council), na categoria Destinations Stewardship Award, voltado para organizações líderes que ajudam no desenvolvimento sustentável do destino, beneficiando seus moradores e visitantes.

Foi vencedora no Prêmio ECO® 2018 realizado pela Amcham e Estadão se destacando na modalidade Práticas de Sustentabilidade, Categoria Produtos e Serviços, para Microempresas e Startup.

Em 2017 conquistou a Menção Honrosa Nacional no Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2017 pela sua relevância e capacidade de influência em favor do turismo sustentável; em 2012 recebeu o “Prêmio Estadual MPE Brasil”, nas categorias Turismo e Destaque Responsabilidade Social de Mato Grosso do Sul; em 2010 conquistou o 4º Prêmio Brasil de Meio Ambiente na categoria Categoria Melhor Trabalho em Ecoturismo e em 2009 conquistou o Prêmio estadual MPE Brasil na categoria Serviços de Turismo na região de Mato Grosso do Sul. Recebe anualmente o “Prêmio TripAdvisor – Certificado de Excelência”.

Círculo de Bananeiras na Estância Mimosa – Maio de 2021

O Círculo de Bananeiras é uma das práticas ambientais desenvolvida na Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS). Implantado em 2020 na fazenda, é uma técnica de destinação alternativa e sustentável das águas cinzas proveniente da cozinha, lavanderia e chuveiro.

Valdenir Souza, gerente do atrativo, fez um registro no qual mostra como está o local atualmente. “O Círculo de bananeiras já está em processo de frutificação, apresentando mamão, cachos de bananas e maracujá azedo.”

Clique aqui e veja o vídeo!

Sobre

É uma técnica de permacultura inovadora e de baixo custo que consiste na escavação de um buraco que é preenchido com troncos, galhos e palha que atuam como filtro.

As bananeiras são plantadas ao redor com o objetivo de absorver a água e os nutrientes, por isso as bananeiras crescem com mais vigor, produzindo frutos mais saudáveis. Uma técnica simples e que faz um diferencial enorme para o meio ambiente.

Estância Mimosa conquista Prêmio ECO da AMCHAM

A Estância Mimosa Mimosa, passeio de ecoturismo localizado em Bonito, no Mato Grosso do Sul, foi contemplada com o Prêmio ECO® 2020/2021, na Categoria Produtos e Serviços, para empresas Microempresas e Startup, com o trabalho “Sustentabilidade é a alma do nosso negócio: Estância Mimosa, Bonito, MS”.

O Prêmio ECO® 2020/2021 é o mais tradicional troféu de sustentabilidade empresarial do Brasil, promovido pela Amcham (Câmara Americana de Comércio para o Brasil). A divulgação dos vencedores foi realizada em cerimônia virtual na última quinta-feira (27).

É uma honra muito grande receber o Prêmio Eco. Um atestado de que o nosso trabalho está no caminho certo! Agradecemos a toda a nossa equipe de colaboradores, guias, motoristas, prestadores de serviços e fornecedores, afinal este prêmio é resultado do esforço conjunto de todos, de um trabalho em conjunto para atender os nossos visitantes e cuidar da nossa natureza. Nosso desejo como empresa familiar é encantar cada visitante com a beleza e delicadeza deste pedacinho de chão que é a Mimosa, o qual cuidamos com muito carinho. Assim, ficamos muito felizes em saber que encantamos os juízes do Prêmio Eco com nossas ações que, nada mais são do que a prova do amor que temos pela natureza, fauna e flora exuberantes da Serra da Bodoquena”, revela Luiza Coelho, Diretora de Sustentabilidade do atrativo.

Natureza Preservada

A Estância Mimosa Mimosa foi adquirida em 1998 já com a intenção de implantar um atrativo de ecoturismo, opção escolhida por ser a atividade que melhor permitiria a conservação ambiental de uma área de relevo acidentado, grande biodiversidade e com grandes extensões de florestas preservadas. Até a data da aquisição da Estância Mimosa, a pecuária era a única atividade econômica desenvolvida no local. Após esta data, iniciaram-se os trabalhos para implantação de infraestrutura turística, abrindo suas portas para a visitação em 1999.

Para preservar toda a beleza local, os proprietários da Estância Mimosa decidiram transformar 66% da área total da fazenda em Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN – um ato voluntário em constituir uma reserva natural permanente em sua propriedade. A RPPN Estância Mimosa foi criada oficialmente em fevereiro de 2013.

O local é o único atrativo de turismo em Bonito (MS) que oferece trilhas e cachoeiras dentro de uma RPPN no qual é possível desfrutar de um contato direto com a natureza preservada, caminhar por trilhas em meio à floresta, avistar mais de 250 espécies de aves ou se deparar com uma das 32 espécies de mamíferos catalogados.

Reconhecimento

Em 2018 os atrativos do Grupo Rio da Prata, Recanto Ecológico Rio da Prata, Lagoa Misteriosa e Estância Mimosa também se destacaram e conquistaram o Prêmio ECO® 2018. A Estância Mimosa conquistou a Categoria Produtos e Serviços, para empresas Microempresas e Startup, com o trabalho “Estância Mimosa na trilha do ecoturismo”. Já o Recanto Ecológico Rio da Prata e a Lagoa Misteriosa conquistaram, também, melhores pontuações na modalidade Práticas de Sustentabilidade, Categoria Produtos e Serviços, para empresas de Pequeno e Médio porte, com o trabalho “Recanto Ecológico Rio da Prata e Lagoa Misteriosa: Gestão de atrativos de ecoturismo”.

Sobre o Prêmio

Lançado pela Amcham em 1982, o Prêmio ECO® foi pioneiro no reconhecimento de empresas que adotam práticas responsáveis e gera periodicamente uma rica reflexão sobre o desenvolvimento empresarial sustentável no Brasil. Em sua 38ª edição, dá voz às ideias, ações e esforços que promovem as melhores práticas empresariais voltadas à sustentabilidade dos negócios, da sociedade e do meio ambiente.

A edição do Prêmio Eco deste ano avaliou mais de 129 iniciativas com um time de 59 jurados e especialistas reuniu o que aconteceu de mais transformador no tema no país. 25 iniciativas foram vencedoras.

Experiência perfeita, revela depoimento de visitante sobre a Estância Mimosa

Localizada à 24 km de Bonito (MS), a Estância Mimosa Ecoturismo, surpreende seus visitantes não só pelas cachoeiras, mas também com a variedade de fauna e flora que podem ser observadas no local, bem como a gastronomia preparada em fogão à lenha. Uma experiência que agrada corpo e alma.

No início de maio, Vanessa Mateucci Nava, de Palotina, no interior do Paraná, visitou o destino de ecoturismo brasileiro pela primeira vez acompanhado por seus familiares Alcione Nava, Miguel Mateucci Nava e Laura Mateucci Nava, e a Estância Mimosa Ecoturismo fez parte do seu roteiro de viagens.

Sobre a visita, disse:

Nossa experiência foi perfeita na Estância Mimosa, o lugar é um charme, tem uma tranquilidade única e a natureza realmente nos impressionou, as cachoeiras são incríveis. Nos sentimos seguros em todo o passeio, valeu muito a pena“!

Veja abaixa registros de alguns momentos no atrativo:

Estância Mimosa Ecoturismo é finalista no Prêmio ECO 2020/2021

A Estância Mimosa Ecoturismo, passeio de trilha e cachoeiras localizada em Bonito, no Mato Grosso do Sul, chegou à final do Prêmio ECO® 2020/21, realizado pela Amcham (Câmara Americana de Comércio para o Brasil) e Estadão.

A empresa sul-mato-grossense está entre as melhores pontuadas na modalidade Práticas de Sustentabilidade, Categoria Produtos e Serviços, para empresas Microempresas e Startup, com o trabalho “Sustentabilidade é a alma do nosso negócio: Estância Mimosa, Bonito, MS”.

Cachoeiras na Estância Mimosa Ecoturismo. Foto: Fernando Peres.

A fazenda foi adquirida em 1998 já com a intenção de implantar um atrativo de ecoturismo, opção escolhida por ser a atividade que melhor permitiria a conservação ambiental de uma área de relevo acidentado, grande biodiversidade e com grandes extensões de florestas preservadas. Até a data da aquisição da Estância Mimosa, a pecuária era a única atividade econômica desenvolvida no local. Após esta data, iniciaram-se os trabalhos para implantação de infraestrutura turística, abrindo suas portas para a visitação em 1999.

Luiza Coelho, Diretora de Sustentabilidade do atrativo, revela que “há alguns dias atrás levei meu filho caçula Pedro, para conhecer a Estância Mimosa. Ele ficou encantado. Ficou hipnotizado com o som das cachoeiras e o vapor de água refrescando o rostinho. Nosso desejo como empresa familiar é encantar cada visitante com a beleza e delicadeza deste pedacinho de chão que é a Mimosa, o qual cuidamos com muito carinho.

Assim, ficamos muito felizes em saber que encantamos os juízes do Prêmio Eco com nossas ações que, nada mais são do que a prova do amor que temos pela natureza, fauna e flora exuberantes da Serra da Bodoquena! É uma honra ser finalista e compartilhar o nosso trabalho com tanta gente boa deste país lindo”.

A cerimônia para divulgação dos vencedores acontece no dia 27 de maio e será em formato virtual.

Informações sobre o atrativo: www.estanciamimosa.com.br

Sobre o Prêmio

Lançado pela Amcham em 1982, o Prêmio ECO® foi pioneiro no reconhecimento de empresas que adotam práticas responsáveis e gera periodicamente uma rica reflexão sobre o desenvolvimento empresarial sustentável no Brasil. Em sua 38ª edição, dá voz às ideias, ações e esforços que promovem as melhores práticas empresariais voltadas à sustentabilidade dos negócios, da sociedade e do meio ambiente.

Depoimento de Mila Quintela, apresentadora do Programa Mistura Baiana, sobre a Estância Mimosa

Recebemos na Estância Mimosa Ecoturismo a visita de Mila Quintela, apresentadora do Programa Mistura Baiana, da Band Bahia. Encantada com a natureza do local, compartilhou um depoimento muito especial sobre a experiência no atrativo:

“Tive o privilégio de conhecer esse pedaço de paraíso, a Estância Mimosa, um destino que você precisa conhecer com a sua família. É um lugar que você se surpreende em cada lugarzinho.

Nesse período de pandemia é também muito importante estar em um lugar que traz segurança pra gente, pra nossa família, e aqui, sem sombra de dúvidas , está preparadíssimo para te receber .

A comida é deliciosa, o atendimento é diferenciado e os passeios nem se fala. É uma cachoeira mais maravilhosa que a outra e esse contato com a natureza é tudo o que você precisa .

Está super indicado, saio daqui com o coração cheio de felicidade, cheio de gratidão. Certamente voltarei, trazendo todo mundo. Realmente é um pedacinho do paraíso!

Foi um prazer recebê-los! Confira o vídeo no link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=QdRwD1p2H3w

Guias de turismo participam de Curso de Reciclagem de Primeiros Socorros na Estância Mimosa

A Estância Mimosa (Bonito-MS) sediou no último fim de semana o Curso de Reciclagem de Primeiros Socorros e Salvamento Aquático, direcionado aos guias de turismo da região.

O evento contou com a participação do Sargento dos Bombeiros, Ênio Mendes Conturbia.

Para os guias, a capacitação foi excelente e os profissionais demonstraram grande satisfação em realizá-lo.

Confira alguns depoimentos:
https://youtu.be/HtKIJyuDGeE

https://youtu.be/6rLN1-ryCeM

Diretora de Sustentabilidade do Grupo Rio da Prata integra nova diretoria da ABETA

A ABETA (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura) elegeu no início de abril novo presidente e nova diretoria para o próximo biênio (2021-2023).

Luiza Coelho, Diretora de Sustentabilidade do Grupo Rio da Prata (leia-se Estância Mimosa Ecoturismo, Lagoa Misteriosa e REcanto Ecológico Rio da Prata), foi eleita Diretora de Comunicação, cargo que já ocupado em gestões anteriores pelo seu pai, Eduardo Folley Coelho.

A expectativa é poder contribuir com o crescimento e consolidação da Abeta na retomada do turismo brasileiro. O setor é muito importante para a economia do país e esse novo modo de vida que todos teremos que adotar, precisa ter laços estreitos com a natureza, contato essencial para a saúde das pessoas”, revela Luiza.

“A ABETA reúne as melhores empresas de turismo do Brasil, referências do turismo brasileiro e espero poder somar cada vez mais dentro da diretoria”, conclui.

Formada em Engenharia Ambiental e mestre em Tecnologias Ambientais, Luiza atua como Diretora Ambiental e SGS do Grupo Rio da Prata, coordenando as ações de sustentabilidade dos atrativos do Grupo (Lagoa Misteriosa, Estância Mimosa, Recanto Ecológico Rio da Prata). Sua infância foi marcada pelo ecoturismo e pela vida ao ar livre, trabalhando com seus pais desde a fundação do Rio da Prata em 1995. Atualmente, casada e mãe de dois meninos, se divide entre a maternidade, o trabalho e a vontade de ajudar o mundo a ser um lugar melhor, principalmente através do contato sadio e seguro das pessoas com a natureza!

Nova diretoria ABETA

A chapa inscrita foi aprovada por aclamação pelos associados. Vinícius Viegas foi eleito para a presidência da associação, enquanto Pollyana Pugas foi a escolhida para assumir a vice-presidência da ABETA.

Além disso, foram eleitos três membros do conselho fiscal e cinco pessoas para os cargos de Diretoria de Capacitação e Sustentabilidade, Diretoria Técnica, de Mercados, de Comunicação e de Relações Institucionais.

Presidente: Vinicius Viegas Banjo (Nattrip Agência de Turismo – RJ)
Vice-presidente: Polly Pugas (Vonát Consultoria e Treinamentos – DF)
Diretora de Capacitação e Sustentabilidade: Thaynara Siqueira (Mantiqueira Ecoturismo – MG)
Diretora de Comunicação: Luiza Coelho (Grupo Rio da Prata – MS)
Diretor de Mercados: Vinicius Martins (MSV Adventure – SP)
Diretor de Relações Internacionais: Jaime Prado (Parque Karawá tã-PE)
Diretor Técnico: Edrei Ascencio (Eco Aventuras Turismo – RS)

Mais informações: http://abeta.tur.br/pt

CRAS realiza soltura de animais silvestres nos atrativos do Grupo Rio da Prata

O atrativos do Grupo Rio da Prata, Recanto Ecológico Rio da Prata e a Estância Mimosa Ecoturismo, passeios de ecoturismo em Jardim e Bonito (MS), receberam respectivamente nos dias 13 e 15 de abril, a visita da equipe do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres – CRAS – de Mato Grosso do Sul.

O local é um dos primeiros Centros de Triagem de Animais Silvestres criado no Brasil, para receber animais para serem reintegrados à natureza, onde são alimentados e passam por tratamento até a soltura.

No Recanto Ecológico Rio da Prata foram soltos 03 tucanos, 01 gambá, 01 filhote de jararaca, 02 jiboias, 01socó-boi, 02 quatis, 01 jaguatirica e 01 arara-vermelha.

Já a Estância Mimosa recebeu a soltura de 8 araras- canindé. As aves ficaram no recinto de aclimatação instalado no Recanto Ecológico Rio da Prata, antes de serem soltas na natureza da Estância Mimosa.

Parceria

A Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN – Cabeceira do Prata, onde ocorre o passeio de trilha e flutuação do Recanto Ecológico Rio da Prata, é credenciada para receber a soltura proveniente do CRAS desde 1996. Já a Estância Mimosa Ecoturismo está apta a receber os animais silvestres provenientes do CRAS desde 2009.