Grupo Rio da Prata é finalista no Prêmio da WTTC

O World Travel & Tourism Council anunciou no dia 15 de janeiro os finalistas para o prêmio 2019 Tourism for Tomorrow Awards (Prêmio Turismo para o Amanhã), um dos maiores reconhecimentos no ramo do turismo mundial.

O Grupo Rio da Prata é um dos finalistas na Categoria Destinations Stewardship Award, voltado para organizações líderes que ajudam no desenvolvimento sustentável do destino, beneficiando seus moradores e visitantes.

Integram o Grupo Rio da Prata o Recanto Ecológico Rio da Prata, Lagoa Misteriosa, ambos localizados em Jardim (MS) e a Estância Mimosa, em Bonito (MS), atrativos turísticos resultados de um projeto familiar que colocou em prática a capacidade de empreender e inovar, com o propósito de criar um modelo de ecoturismo organizado com visitação limitada, focado em qualidade e segurança, e viável economicamente.

O Grupo Rio da Prata concorre ao lado do Masungi Georeserve, nas Filipinas e do St. Kitts Sustainable Destination Council, na Ilha de São Cristóvão, no Mar do Caribe.

Gloria Guevara, Presidente e CEO da WTTC, revela que “os Prêmios de Turismo para Amanhã deste ano destacam as organizações que lideram o caminho das Viagens & Turismo sustentáveis. Eles refletem as Prioridades Estratégicas de Ação Climática, Administração do Destino, Futuro do Trabalho e Responsabilidade Social do WTTC”.

Os vencedores do Prêmio Tourism for Tomorrow 2019 serão anunciados durante a cerimônia de premiação na 19ª Cúpula Mundial do WTTC em Sevilha, Espanha, de 2 a 4 de abril de 2019.

Veja abaixo os finalistas:

https://www.wttc.org/tourism-for-tomorrow-awards/winners-and-finalists/winners-and-finalists-2019

Atrativos de Bonito e Jardim são temas de palestra Campo Grande

A AMCHAM Brasil Campo Grande (MS) promoveu para empreendedores no dia 23 de janeiro o evento “Santo da Casa”, no espaço gourmet da Plaenge, na AV. Mato Grosso, na capital de Mato Grosso do Sul.

Simone Coelho, proprietária do Grupo Rio da Prata, foi uma das convidadas para o evento e apresentou palestra sobre a história dos passeios de ecoturismo Estância Mimosa, Lagoa Misteriosa e Recanto Ecológico Rio da Prata e sobre a conquista em ser finalista do Prêmio 2019 Tourism for Tomorrow Awards (Prêmio Turismo para o Amanhã), um dos maiores reconhecimentos no ramo do turismo mundial.

Ao final da apresentação, sorteou três doces de leite, tradicional sobremesa preparada artesanalmente nos passeios de ecoturismo.

Cachoeira da Estância Mimosa ilustra matéria no Expedia

O portal Expedia divulgou recentemente a reportagem “10 lugares que você deve conhecer no Brasil em 2019”.

“Nas resoluções para 2019, é hora de colocar no papel e começar a planejar-se para viajar aos melhores destinos que ainda não tenha desbravado pelo Brasil”, ressalta a matéria.

Entre as 10 sugestões, está o destino de ecoturismo brasileiro, Bonito (MS).

Sobre a região, o texto diz:

Como é bonito ir a Bonito! Poucos lugares no Brasil apresentam atrações naturais de tirar tanto o fôlego quanto este município sul-mato-grossense. Um exemplo é o Rio de Prata, com sua água transparente, que lhe permite mergulhar entre os peixes com visibilidade quase que total. A flutuação, que tem sido cada vez mais buscada pelos turistas, também pode ser feita no Aquário Natural, em uma experiência que certamente marcará seu 2019. As Grutas do Lago Azul e de São Miguel podem ser visitadas em um só dia, e também são boas opções. Vale ressaltar que os meses de dezembro a fevereiro são os mais chuvosos, o que aumenta o volume de água e a busca pelas atrações.

Cachoeira da Estância Mimosa Ecoturismo ilustra o texto acima.

Além de Bonito, estão na lista: Brasília (DF), Barreirinhas (MA), Campos do Jordão (SP), Natal (RN), Arraial do Cabo (RJ), Visconde de Mauá (RJ), Ouro Preto (MG), João Pessoa (PB) e Governador Celso Ramos (SC).

Veja a matéria na íntegra no site: https://bit.ly/2B08SyO

MISS MS realiza ensaio fotográfico na Estância Mimosa

A Estância Mimosa Ecoturismo recebeu no dia 23 de janeiro a visita da Miss Mato Grosso do Sul, Priscilla Vacchiano e equipe. As cachoeiras do atrativo foram cenários para o ensaio fotográfico da jovem para o Miss Brasil Be Emotion 2019. Confira o que ela disse sobre a experiência:

Sabrina Rocha, bailarina do Faustão, visita atrativos do Grupo Rio da Prata

A Estância Mimosa Ecoturismo e o Recanto Ecológico Rio da Prata receberam nesta semana a visita de Sabrina Rocha, bailarina do Faustão.

Na Estância Mimosa, Sabrina realizou o passeio de trilhas e cachoeiras e se encantou com o cenário.

Já no Recanto Ecológico Rio da Prata fez o passeio de flutuação e adorou a experiência. Em suas redes sociais, disse: “fizemos um passeio maravilhoso de flutuação no Recanto Ecológico Rio da Prata . Que coisa mais linda ver como vivem os animaizinhos da água”.

Jornalista alemão visita atrativos do Grupo Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) e a Estância Mimosa (Bonito-MS) receberam nos dias 8 e 10 de janeiro a visita do jornalista alemão Nicolas Stockmann.

O profissional trabalha na editora Stefan Loose. A viagem ao destino de ecoturismo tem como objetivo conhecer e mapear a região para a criação de um guia turístico na Alemanha.

Nicolas se encantou com ambos atrativos. Na Estância Mimosa foi acompanhado pelo guia Antônio e revelou que adorou as cachoeiras do Sinhozinho e do Sol.

Jogador da Seleção Brasileira de Vôlei de Praia visita atrativos do Grupo Rio da Prata

No último fim de semana os atrativos do Grupo Rio da Prata, Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim) e Estância Mimosa (Bonito) receberam a visita do jogador da Seleção Brasileira de Vôlei de Praia, Guto Carvalhães.

Acompanhado por sua esposa Jessica e amigos, na Estância Mimosa realizaram o passeio de trilha e cachoeira com o guia de turismo, Hiter. Em conversa com os colaboradores do passeio, disseram que adoraram a experiência. Agradecemos a visita!

 

Estância Mimosa é finalista no Prêmio ECO 2018

A Estância Mimosa Ecoturismo, passeio de trilha e cachoeiras localizada em Bonito, no Mato Grosso do Sul, chegou à final do Prêmio ECO® 2018, realizado pela Amcham (Câmara Americana de Comércio para o Brasil) e Estadão.

A empresa sul-mato-grossense está entre as melhores pontuadas na modalidade Práticas de Sustentabilidade, Categoria Produtos e Serviços, para empresas Microempresas e Startup, com o trabalho “Estância Mimosa na trilha do ecoturismo”.

A fazenda foi adquirida em 1998 já com a intenção de implantar um atrativo de ecoturismo, opção escolhida por ser a atividade que melhor permitiria a conservação ambiental de uma área de relevo acidentado, grande biodiversidade e com grandes extensões de florestas preservadas. Até a data da aquisição da Estância Mimosa, a pecuária era a única atividade econômica desenvolvida no local. Após esta data, iniciaram-se os trabalhos para implantação de infraestrutura turística, abrindo suas portas para a visitação em 1999.

Quando utilizamos a palavra Ecoturismo na Estância Mimosa, estamos procurando reafirmar nossos princípios, visando não apenas conservar as matas e cachoeiras do rio Mimoso, mas também criar no turista uma consciência de que é possível praticar turismo com sustentabilidade e replicar esta ideia em outros locais que venham a visitar”, revela Luiza Coelho, diretora de Sustentabilidade do atrativo.

Estância Mimosa

Além da Estância Mimosa, a Japacanim Ecoturismo Ltda., (leia-se Recanto Ecológico Rio da Prata e Lagoa Misteriosa), que também integra o Grupo Rio da Prata, são finalistas na premiação. Eles concorrem na categoria para empresas de Pequeno e Médio porte, com o trabalho “Recanto Ecológico Rio da Prata e Lagoa Misteriosa: Gestão de atrativos de ecoturismo”. 

A cerimônia para divulgação dos vencedores será realizada em São Paulo em fevereiro de 2019.

Informações sobre o atrativo: www.estanciamimosa.com.br

Sobre o Prêmio

O Prêmio ECO®, que chega a sua 36ª edição, visa a distinguir e reconhecer as melhores empresas e práticas de gestão empresarial para a sustentabilidade no Brasil que contribuam de forma exemplar, e simultaneamente, para o sucesso econômico da empresa, para a construção de uma sociedade mais justa e próspera e para a preservação do meio ambiente em nosso país.

Fotógrafa Silvia Faustino Linhares visita atrativos do Grupo Rio da Prata

Nesta semana os atrativos do Grupo Rio da Prata, Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) e a Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) foram privilegiados com a visita de Silvia Faustino Linhares, fotógrafa, birdwatching e fascinada pela natureza.

Silvia estava no Mato Grosso do Sul para participar do Avistar MS, evento realizado nos dias 23 a 25 de novembro em Campo Grande, onde ministrou a palestra “A magia de passarinhar” e aproveitou para estender a viagem para conhecer alguns atrativos da região.

Acompanhada por Vitinho, guia especialista em aves, e por sua amiga e fotógrafa de natureza Márcia Costa, conheceram o Recanto Ecológico Rio da Prata no dia 27 de novembro. Nádia Pisetta, colaboradora do atrativo, apresentou os projetos ambientais desenvolvidos no local e a nascente do rio Olho D’Água.

Durante o percurso foram agraciadas com a presença de diversas espécies de aves, aproveitando para registrá-las. Foram elas: Alma-de-gato, Bico-chato-de-orelha-preta, Beija-flor-do-rabo-branco-acanelado, Caburé, Bentenvizinho-da-asa-ferrugínea, Bem-te-vi, Biguatinga, Ariramba-de-cauda-ruiva, Surucuá-da-barriga-vermelha, Choca-da-mata, Pipirica-da-taoca, Seriema.

“Vimos também uma espécie de difícil de visualização que ficou bem próxima para registros e deixou Silvia muito contente e satisfeita, o cisqueiro-do-rio e ao final do passeio, Silvia revelou que adorou”, acrescenta Nádia.

Já no dia 28 de novembro, foi a vez da Estância Mimosa receber Silvia, Marcia e o guia Vitinho! Acompanhados pelo gerente Thyago Sabino, percorrem os arredores da sede para registrar as espécies de aves do local. Em depoimento, Silvia revelou: “Gostei muito e já estou preparando meu retorno para 2019”.

Premiada em concurso do Avistar MS é contemplada com passeio na Estância Mimosa

Foi realizada nos dias 23 a 25 de novembro, em Campo Grande (MS), a edição 2018 do Avistar Campo Grande – Capital do Turismo de Observação de Aves.

O Concurso Cine -Curtas: “Por que Campo Grande pode ser a capital do turismo de Observação de Aves?” foi uma das atividades, da vasta programação do evento.

Bruna da Silva Andrade conquistou o 2º lugar com o curta: “O que é possível AVISTAR em Campo Grande” e foi contemplada com um passeio de observação de aves e trilhas e cachoeiras na Estância Mimosa Ecoturismo, atrativo localizado em Bonito (MS).

Veja abaixo os vencedores do concurso:

1° Lugar – “No Quintal, Pássaros”, de HELIO AUGUSTO GODOY DE SOUZA;
2° Lugar – “O que é possível AVISTAR em Campo Grande?”, de BRUNA DA SILVA ANDRADE;
3° Lugar – ” Por que Campo Grande é a capital para se observar Aves”, de YASMIN