Treinamento sobre Sistema de Gestão de Segurança é realizado na Estância Mimosa

SGS é tema de treinamento na Mimosa
SGS é tema de treinamento na Mimosa

No dia 27 de agosto, integrantes da Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) participaram do Treinamento de Gestão de Segurança (SGS),ministrado pelo Cabo Santa Cruz, do Corpo de Bombeiros de Jardim e também por Rudimar Guerini.

O treinamento permite que todos os envolvidos nas atividades oferecidas pelo passeio estejam preparados em caso de algum incidente.

Esse fator foi reforçado pelo gerente do atrativo, Luis Thiago que afirmou que “o treinamento deixou a equipe mais preparada em caso de ocorrência de algum acidente e da prestação de Atendimento Pré Hospitalar”.

Participaram do evento, os colaboradores: Luis Thiago Cardoso Borges, Rosangela dos Reis Lopes, Odelson Sanches da Silva, Adailza Morais dos Santos, Osvaldo da Rocha, Bruno Severine Pavan, Edevaldo Soares de Oliveira, Everton Vargas Mendes, Hilomar Vilalba, Jose Carlos Rodrigues, Vagner da Silva e Valdecir da Rocha.

Abrasel ministra curso em Bonito

No dia 24 de setembro, colaboradores da Estância Mimosa Ecoturismo participaram do Curso de Higienização e Manutenção de Alimentos, realizado na Câmara Municipal de Bonito (MS), por intermédio da Abrasel – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes.

O curso teve como objetivo capacitar profissionais para implementarem o controle higiênico-sanitário nas empresas de alimentos, evitando efeitos de contaminação biológica, química e física, manipulando os alimentos adequadamente e prevenindo doenças, reduzindo perdas, valorizando a imagem da empresa e respeitando as normas impostas pela Vigilância Sanitária.

Em Bonito o curso foi ministrado pela Nutricionista Juliana Balta.

Participaram da capacitação os colaboradores: Luis Thiago Cardoso Borges, Rosangela dos Reis Lopes, Odelson Sanches da Silva, Adailza Morais dos Santos e Osvaldo da Rocha.

De acordo com Luis Thiago, Gerente do atrativo, “o curso foi muito bom e ajudará nos serviços prestados pela equipe aos nossos visitantes, melhorando principalmente a qualidade”.

Equipe da Repams visita a Estância Mimosa

No último final de semana, a Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS), recebeu a visita da bióloga e Coordenadora geral de projetos e Assessora dos proprietários de RPPN, Cyntia Cavalcante e de Laércio Machado de Sousa, Sócio-fundador da REPAMS – Associação de Proprietários de Reservas Particulares do Patrimônio Natural de Mato Grosso do Sul.

O objetivo da visita foi verificar as ações desenvolvidas em cada propriedade, contempladas pelo 4º Edital do Programa de Incentivo às RPPNs do Pantanal.

A visita na Estância Mimosa aconteceu no dia 10 de agosto e a equipe conferiu alguns marcos na área proposta para a Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN.

Equipe da Repams visita a Estância Mimosa
Equipe da Repams visita a Estância Mimosa

A Estância Mimosa Ecoturismo oferece aos visitantes grande interação com a natureza. Por meio de atividades de ecoturismo, o passeio leva o turista a contemplar cachoeiras, piscinas naturais, trilhas, passeios a cavalo e observação de aves. Além disso, a cultura e a gastronomia regional são atrativos à parte.

Para preservar toda essa beleza, os proprietários decidiram por transformar parte da área em Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN – um ato voluntário em constituir sua propriedade em reserva natural, sem que isto provoque a perda do direito de propriedade.

66% da área total da fazenda Estância Mimosa é transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN).

Sobre a Estância Mimosa Ecoturismo

A Estância Mimosa localiza-se na cidade de Bonito, no interior de Mato Grosso do Sul. Oferece passeio de trilha e cachoeiras, passeio a cavalo, observação de aves e oferece uma gastronomia típica da região. As reservas das atividades devem ser realizadas pelas agências de turismo da região. Recomenda-se certa antecedência durante período de férias e feriados já que existe um limite diário para receber os visitantes . Ao visitar o destino de ecoturismo inclua o atrativo turístico em seu roteiro. Uma experiência única junto à natureza. Mais informações podem ser obtidas no site:

www.estanciamimosa.com.br

Mergulhadora Carolina Schrappe visita a Estância Mimosa

Mergulhadora Carolina Schrappe visita a Estância Mimosa
Mergulhadora Carolina Schrappe visita a Estância Mimosa

No dia 09 de agosto a Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito -MS) recebeu uma visita muito especial – a mergulhadora brasileira Carolina Schrappe – detentora de diversos recordes mundiais.

Ela esteva na companhia da fotógrafa Adriana Brandão e Gisele A. Beal.

De acordo com a gerência da Estância Mimosa, o trio visitou o atrativo, e “após uma manhã bem agradável onde registraram vários momentos nas cachoeiras, elas ainda desfrutaram de um delicioso almoço feito no fogão a lenha, além de um passeio pela fazenda, onde visitaram a nossa Horta orgânica, o pomar e o Viveiro de mudas da parceria Instituto da Águas da Serra da Bodoquena (IASB) e Mimosa”.

Sobre a Estância Mimosa Ecoturismo

A Estância Mimosa localiza-se na cidade de Bonito, no interior de Mato Grosso do Sul. Oferece passeio de trilha e cachoeiras, passeio a cavalo, observação de aves e oferece uma gastronomia típica da região. As reservas das atividades devem ser realizadas pelas agências de turismo da região. Recomenda-se certa antecedência durante período de férias e feriados já que existe um limite diário para receber os visitantes . Ao visitar o destino de ecoturismo inclua o atrativo turístico em seu roteiro. Uma experiência única junto à natureza. Mais informações podem ser obtidas no site:

www.estanciamimosa.com.br

 

Estância Mimosa Ecoturismo cria RPPN

66% da área total da fazenda Estância Mimosa é transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN).

A Estância Mimosa Ecoturismo oferece aos visitantes grande interação com a natureza. Por meio de atividades de ecoturismo, o passeio leva o turista a contemplar cachoeiras, piscinas naturais, trilhas, passeios a cavalo e observação de aves. Além disso, a cultura e a gastronomia regional são atrativos à parte.

Para preservar toda essa beleza, os proprietários decidiram por transformar parte da área em Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN – um ato voluntário em constituir sua propriedade em reserva natural, sem que isto provoque a perda do direito de propriedade.

Luiza Coelho, diretora de sustentabilidade da fazenda, ressalta que o interesse em transformar parte do atrativo em RPPN existe desde que a propriedade foi adquirida. “Desde o início já sabíamos que a vocação maior da área era para ecoturismo e conservação, por conta das grandes extensões de matas preservadas do local. Então, logo na compra da fazenda já nasceu o sonho de um dia criar a RPPN Estância Mimosa, ajudando, assim, a assegurar a conservação do tesouro que é a Serra da Bodoquena“, revela.

Luiza acrescenta ainda que a atividade de ecoturismo já acontece seguindo diretrizes de sustentabilidade e práticas de mínimo impacto, promovendo a conduta consciente em ambientes naturais, e, continuará sendo desenvolvida na propriedade que em um futuro próximo também desenvolverá atividades de pesquisa científica e continua: “A RPPN contribui para a manutenção de vários ambientes, inclusive de outras áreas protegidas, como quando agregam as APPs, fortalecendo assim, todo o sistema de unidades de conservação (UC). Essa proteção não diz respeito apenas à legislação, mas também permite que a RPPN tenha importância no contexto geral, agregando uma valorização diferenciada à propriedade, possibilitando o apoio de entidades ambientalistas e outras fontes de incentivo ao seu manejo. Um fato que observamos é que o turista fica mais satisfeito em saber que ele está em uma RPPN”, finaliza.

O processo para criar a RPPN Estância Mimosa iniciou-se em 2007, e incentivados pelo 4° Edital do Programa de Incentivo às RPPN do Pantanal viabilizado pela REPAMS (Associação de Proprietários de Reservas Particulares do Patrimônio Natural de Mato Grosso do Sul) foi uma oportunidade para sua finalização junto ao órgão ambiental.

Estância Mimosa Ecoturismo cria RPPN
Estância Mimosa Ecoturismo cria RPPN

Circuito Elegante visita Estância Mimosa

No dia 30 de julho, a Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) recebeu a visita de Priscila Bentes Vaz, Diretora Geral do Circuito Elegante, que esteve acompanhada por seu marido, Paulo Cézar Vaz e seu filho Gabriel Vaz.

De acordo com a equipe da Mimosa, Priscila fez o passeio de trilhas e cachoeiros e se deliciou com o almoço!

O Circuito Elegante (www.circuitoelegante.com.br) é uma associação de viajantes que contam com um conjunto de serviços especiais e de qualidade, tendo como foco: Diversidade, Qualidade e Exclusividade. Também reconhecido como uma marca importante do trade turístico nacional, é um selo de qualidade e garantia de serviços dos estabelecimentos que integram o circuito.

Possui a maior seleção de estabelecimentos de hospedagem, gastronomia e serviços do Brasil, com o objetivo não só de atender, mas a cima de tudo surpreender o viajante exigente, através de sistema próprio de CRM e TI. O que possibilita os hotéis a se anteciparem aos gostos e desejos dos hóspedes.

Reconhecido no Trade Turístico como um selo de qualidade e garantia da excelência dos serviços, o Circuito Elegante® edita o catálogo “Seleta Coleção de Hotéis e Restaurantes”, importante instrumento de referência, que é composto por 100 estabelecimentos

Anualmente lança o Catálogo Circuito Elegante que traz 145 estabelecimentos, divididos entre 84 hotéis e pousadas, 12 hotéis business, 12 resorts, 12 SPAS e 25 restaurantes.

Em Mato Grosso do Sul, fazem parte do Circuito Elegante o Hotel Águas de Bonito e a Pousada Baía Grande, localizados respectivamente em Bonito e Miranda.

Circuito Elegante visita Estância Mimosa
Circuito Elegante visita Estância Mimosa

 

Sobre a Estância Mimosa Ecoturismo

A Estância Mimosa localiza-se na cidade de Bonito, no interior de Mato Grosso do Sul. Oferece passeio de trilha e cachoeiras, passeio a cavalo, observação de aves e oferece uma gastronomia típica da região. As reservas das atividades devem ser realizadas pelas agências de turismo da região. Recomenda-se certa antecedência durante período de férias e feriados já que existe um limite diário para receber os visitantes . Ao visitar o destino de ecoturismo inclua o atrativo turístico em seu roteiro. Uma experiência única junto à natureza. Mais informações podem ser obtidas no site:

www.estanciamimosa.com.br

Daniel Allen realiza filmagens na Estância Mimosa

No dia 04 de julho, a Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) recebeu a visita de Daniel Allen – jornalista e fotógrafo inglês – que esteve fotografando as cachoeiras do atrativo, acompanhado do intérprete Ulli.

Daniel trabalha em Londres – Inglaterra, e escreve artigos para os mais conceituados jornais e revistas internacionais, dentre eles The Guardian, National Geographical Traveller, Geographical, Discovery Channel Magazine, Travel + Leisure China e BBC.com.

O passeio faz parte de um trabalho que o jornalista está realizando sobre o Turismo no Pantanal brasileiro, no qual Bonito faz parte do roteiro.

Depois de saborear o delicioso almoço da Estância Mimosa, Daniel realizou o passeio fotográfico pela trilha e ficou encantado com as belezas naturais que encontrou.

Estiveram acompanhando o jornalista durante o passeio o monitor ambiental da fazenda José Carlos e a colaboradora Daniele.

Colaboradores da Estância Mimosa participam de treinamento

A equipe da Estância Mimosa Ecoturismo realizou no dia 28 de junho um treinamento sobre o uso de extintores de incêndio, com pó químico, CO2 e de água.

As instruções foram repassadas por Alan, responsável pela troca dos extintores na Mimosa.

Para Adilza, uma das colaboradoras do atrativo, o manuseio desses equipamentos é de extrema importância. “É bom sabermos como agir em determinados momentos. Sempre achei que mexer com extintores de incêndio fosse mais difícil, mas eu vi que não é.”

O treinamento é uma forma de garantir a segurança dos colaboradores e também dos visitantes em uma eventual ocorrência.

Estância Mimosa participa do 2º Workshop Visual Turismo

A Estância Mimosa Ecoturismo, atrativo de trilha e cachoeiras em Bonito (MS),  marcou presença no 2º Workshop da Visual Turismo, realizado ontem em São Paulo. O passeio de ecoturismo foi representado pela gerente de vendas do Grupo Rio da Prata, Carina Freitas.

O passeio participou por meio de uma parceria com a Bonitour, agência receptiva da Visual Turismo em Bonito. Além da Estância Mimosa Ecoturismo, estiveram presentes representantes da Fazenda Pequi, Marruá Hotel, Rio Sucurí, Boca da Onça e Balneário do Sol.

O 2º Workshop da Visual Turismo contou com a participação de agentes de viagens de todo o Brasil e parceiros da operadora. Durante o evento aconteceram seminários, sorteio de brindes e viagens e exposição na área de negócios e institucional.

Passeio de Cachoeiras na Estância Mimosa
Passeio de Cachoeiras na Estância Mimosa

Sobre a Estância Mimosa Ecoturismo

A Estância Mimosa localiza-se na cidade de Bonito, no interior de Mato Grosso do Sul. Oferece passeio de trilha e cachoeiras, passeio a cavalo, observação de aves e oferece uma gastronomia típica da região. As reservas das atividades devem ser realizadas pelas agências de turismo da região. Recomenda-se certa antecedência durante período de férias e feriados já que existe um limite diário para receber os visitantes . Ao visitar o destino de ecoturismo inclua o atrativo turístico em seu roteiro. Uma experiência única junto à natureza. Mais informações podem ser obtidas no site:

www.estanciamimosa.com.br

Novas espécies de anfíbios e répteis são encontradas na Estância Mimosa

A Estância Mimosa Ecoturismo, atrativo de trilhas e cachoeiras localizado em Bonito (MS), teve atualizada sua lista de anfíbios e répteis.

Os novos dados foram repassados pelo aluno de Doutorado em Ecologia e Conservação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Zé Luiz Massao Sugai que esteve no local em companhia do Professor Franco Leandro de Souza, do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, UFMS.

585_2500_1Novas espécies de anfíbios e répteis são encontradas na Estância Mimosa. Leptodactylus chaquensis. Foto: José Luiz Massao
Novas espécies de anfíbios e répteis são encontradas na Estância Mimosa. Leptodactylus chaquensis. Foto: José Luiz Massao M

Foram registradas 15 espécies de répteis e 27 de anfíbios.

De acordo com Massao, os números serão modificados com as coletas que serão realizadas na próxima estação chuvosa, diversos locais bem preservados e com difícil acesso serão amostrados.”As coletas terão início em Novembro/2012 e terminarão em Abril/2014″, diz.

585_2500_1_350_64_7746
Ameerega picta. Foto: Franco Leandro de Souza

Massao concedeu uma breve entrevista para o site da Estância Mimosa. Confira:

Qual o objetivo de sua pesquisa e o que levou a esse tema?
Zé Luiz Massao: Além de descrever quais espécies de anfíbios ocorrem na área de estudo, pretendo identificar como características ambientais, recursos alimentares e conectividade entre os pontos de coleta influenciam a biomassa, riqueza e composição de espécies. O que me levou a isso foi observar que, tanto em áreas naturais quanto antropizadas, as espécies de anfíbios não ocorrem em todos os tipos de ambientes. Isso me levou a querer pesquisar o que determina essa diversidade local.

585_2500_1_350_66_8065
Erythrolamprus poecilogyrus. Foto: Maurício Neves Godoi

Em qual local na Mimosa foi percebido a maior concentração de répteis e anfíbios?

ZLM: Há espécies de anfíbios que ocorrem apenas em áreas de mata, enquanto outras preferem áreas abertas. Como a maioria das espécies de anfíbios se reproduzem em poças, lagoas e riachos, geralmente são encontrados em abundância perto de corpos d’água, tanto em áreas abertas como em florestas. Ocupam esses locais também para evitar dessecação, já que possuem a pele sensível. Iremos identificar quais espécies são tipicas de áreas abertas e fechadas após o termino da pesquisa.
Os répteis não são o foco principal da pesquisa, mas como também serão capturados nas armadilhas, iremos analisar os dados. Como não são dependentes da umidade ou água livre no ambiente, podem não ocorrer em maior abundancia em corpos d’água. Após o término da pesquisa saberemos também quais os fatores que determinam a diversidade de répteis na área de estudo.

Massao aproveitou para reforçar que a pesquisa é de extrema importância para a realização do Plano de Manejo da Estância Mimosa Ecoturismo. “Amostraremos locais de difícil acesso e bem preservados, o que aumentará bastante a lista de espécies. Além disso, os resultados dessa pesquisa serão úteis para informar os turistas sobre a distribuição das espécies de anfíbios e répteis da região entre os tipos de ambientes (e.g. áreas de mata fechada na beira do Mimoso X lagoa em área aberta na frente a sede)”.