Ninhos artificiais instalados na Estância Mimosa são vistoriados pela equipe do Instituto Arara Azul

A Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito -MS) recebeu nesta quarta-feira (28) a visita de Carlos Cezar Corrêa, técnico do meio ambiente do Projeto Instituto Arara Azul, com o objetivo de vistoriar os ninhos artificiais instalados no atrativo.

Atualmente há 10 ninhos instalados com o intuito de serem utilizados como abrigo tanto para as araras azuis, bem como de outras como a arara-vermelha e a arara-canindé, além de auxiliar na reprodução das espécies.

Durante a visita, foi observado que todos os ninhos instalados no local foram explorados pelas espécies, porém se encontram vazio! No momento não há registro de ovos ou filhotes.

Veja as fotos:

Uirapuru-laranja é avistado na Estância Mimosa

A Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) é um destino cativante para amantes da Observação de Aves. Localizada em uma região de grande diversidade ambiental, dentro do Bioma Cerrado, o atrativo possui mais de 253 espécies registradas.

Recentemente uma espécie rara foi avistada próximo à sede da fazenda. Trata-se de um Uirapuru-laranja (Pipra fasciicauda).

Uirapuru-laranja (Pipra fasciicauda) . Foto: Camyle Maruyama.

A ave mede aproximadamente 11 centímetros e se alimenta basicamente pequenos frutos e insetos.

O macho da espécie é colorido e destaca a cor laranja, já a fêmea é verde olivácea. Segundo o Wiki Aves, na época reprodutiva os machos se exibem para as fêmeas através de uma série de movimentos característicos, por isso é conhecido em outras regiões de dançador-laranja.

O registro foi feito pela colaboradora Camyle Maruyama.

Para mais informações sobre o passeio de Observação de Aves na Estância Mimosa, acesse: www.estanciamimosa.eco.br/observacao-de-aves/

Chefs Paulo Machado e Lucas Caslu ministram treinamento gastronômico em passeios de ecoturismo em Bonito e Jardim

Os atrativos do Grupo Rio da Prata, Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito) e o Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim), receberam na última semana a visita do Chef Paulo Machado e Lucas Caslu para a realização da edição 2021 do treinamento gastronômico nos passeios.

Chef Paulo Machado e Lucas Caslu com a equipe da Estância Mimosa.

“Fizemos também revisão técnicas de molhos, cortes e também algumas receitas. Por exemplo, no Recanto Ecológico Rio da Prata introduzimos no cardápio o molho pesto, muito gostoso e de base italiana feito com ervas orgânicas colhidas na horta da própria fazenda. Esse mesmo molho foi ensinado e replicado na Estância Mimosa”, disse Paulo.

A caponata, receita de origem italiana, também foi apresentada durante o treinamento, assim como o macarrão de comitiva, prato elaborado com a produção própria de carne de sol e linguiça da fazenda.

À convite do Chef Paulo Machado, Lucas Caslu, Chef e Professor na empresa CEPEF – Centro de Educação Profissional Ezequiel Ferreira Lima, participou do treinamento nos atrativos revisando as técnicas de preparo de pratos, manipulação e higiene, além de técnicas de afiação de facas e cortes.

Chef Paulo Machado e Lucas Caslu com a equipe do Recanto Ecológico Rio da Prata.

Lucas visitou o Recanto Ecológico Rio da Prata pela primeira vez em 2013. “Saí de lá encantado. Com tudo, desde o incrível passeio, e claro que com a comida também. Como pescador, a flutuação mudou tudo que eu imaginava que acontecia embaixo da água. Como sul-mato-grossense, saí de lá muito orgulhoso e achando que aquilo deveria ser quase que obrigatório antes de viajar a passeio para fora do estado. E como cozinheiro, saí muito satisfeito com a incrível refeição que comi. Estava levando um amigo espanhol para conhecer a nossa região, e consegui traduzir ali naquele buffet o que era a nossa gastronomia. Ele ficou encantado, e eu também”, disse.

Após 8 anos, recebeu o convite do Chef Paulo Machado para participar do treinamento da equipe do Grupo Rio da Prata.

“Aceitei o convite com muita alegria. Como o trabalho do Paulo já vem sendo aplicado no grupo a muito tempo, o nosso trabalho era mais de atualização de cardápio e em alguns pontos técnicos mais específicos. A comida continua incrível, o que facilitou bastante o nosso trabalho. Encontramos equipes de cozinha com pessoas experientes e que amam estar ali. O clima entre eles é muito saudável. Fomos muito bem recebidos pelos proprietários Eduardo e Simone, e também pelos gerentes Mano e Val, que nos apresentaram todo o trabalho extra cozinha, e que dá uma característica especial para a empresa. A horta de orgânicos e de agrofloresta, o tratamento de resíduos, a produção de fertilizantes naturais, o manejo dos animais, etc. O trabalho socioambiental ali é muito forte, e é claramente visível que não é uma ação de marketing; é um valor verdadeiro dos proprietários. Saio de lá muito mais feliz, carregando conhecimentos e experiências que me servirão de bons exemplos a serem seguidos”, revela o chef.

Palestra

Durante o treinamento a equipe dos atrativos participaram de uma palestra especial com o chef paraibano João Barreto, da Casa de Cumpade, restaurante localizado em Campina Grande (PB), conhecido também como Cumpade João, vencedor do Prêmio Nacional Dólmã – premiação máxima da gastronomia brasileira. O tema abordado foi a valorização da cozinha regional.

Veja abaixo alguns pratos elaborados durante a capacitação:

Presidente da ONG Onçafari visita a Estância Mimosa Ecoturismo

A Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) recebeu no dia 22 de junho, a visita de Mario Haberfeld, presidente do Onçafari, iniciativa que atua na conservação das onças-pintadas através de ações como a reintrodução, educação ambiental e o ecoturismo.

Sobre a experiência no atrativo, Haberfeld revela: “É fantástico ver que aqui em Bonito tem um empreendimento sério, com energia solar e todo mundo muito preocupado com a sustentabilidade. Hoje aqui na Estância Mimosa foi fantástico ver todas as cachoeiras. Com certeza uma das melhores atrações de Bonito”.

Clique aqui e veja o depoimento!

Sobre o Onçafari

Desde 2011 o Projeto Onçafari coleta dados e compila informações que levem ao melhor entendimento do comportamento das onças-pintadas, assim como a descoberta de melhores estratégias para a conservação do maior felino das Américas. Tem como objetivos:

  • Conservar a biodiversidade nos locais em que estamos inseridos;
  • Desenvolvimento socioeconômico das regiões nas quais atuamos;
  • Transformação e valorização da cultura pantaneira;
  • Aumento do conhecimento científico sobre onças-pintadas;
  • Consolidação do ecoturismo como ferramenta para conservação;
  • Aumento do número de visitantes no Pantanal e Cerrado;
  • Reintrodução de onças-pintadas na natureza.

Para mais informações, acesse: https://oncafari.org/

Grupo Rio da Prata promove encontro virtual sobre a biodiversidade de peixes na Serra da Bodoquena

“Imersão na Biodiversidade: História Natural de Peixes da Serra da Bodoquena”, é o nome do encontro virtual programado pelo Grupo Rio da Prata, do qual fazem parte o Recanto Ecológico Rio da Prata, a Lagoa Misteriosa e a Estância Mimosa, passeios de ecoturismo localizados em Jardim e Bonito (MS), sobre as curiosidades da biodiversidade da região.

O encontro será no dia 30 de junho, às 19h00 (horário de Mato Grosso do Sul), pela plataforma Google Meet (link: https://meet.google.com/rwx-pdcv-xqz ) e terá como apresentador o Prof. e Biólogo José Sabino, profundo conhecedor da fauna subaquática da região, autor do Projeto Peixes de Bonito e que também trabalha no monitoramento ambiental do atrativo.

Direcionado para os guias de turismo, contudo, aberto ao público em geral, José Sabino, com maneira criativa e inspiradora, irá compartilhar as curiosidades, detalhes da biodiversidade da região entre outras informações para que o profissional encante, ainda mais, os visitantes.

Além de conhecimento de qualidade e de alta aplicabilidade, o evento vai contribuir para que, tanto o profissional, quanto o atrativo se destaque cada vez mais, não apenas por suas belezas naturais, mas também por agregar valor à experiência do visitante.

Serviço
Encontro Virtual “Imersão na Biodiversidade: História Natural de Peixes da Serra da Bodoquena”.
Data: 30 de Junho de 2021
Horário: 19h00 (horário de MS)
Transmissão: https://meet.google.com/rwx-pdcv-xqz .

Diretores da Fly Tour e proprietário da Acquanauta visitam a Estância Mimosa

A Estância Mimosa Ecoturismo, passeio de cachoeiras em Bonito (MS), recebeu no dia 07 de junho a visita dos diretores da Fly Tour em Maringá PR), Marcelo Leme e Mariane Rios, do fotógrafo Carlos Eduardo Barreto e do instrutor de mergulho e proprietário da Acquanauta – Centro de Mergulho, Reinaldo Alberti.

A Estância Mimosa é uma experiência muito bacana, muito produtiva, o trabalho do guia de turismo foi sensacional, as cachoeiras são divertidíssimas e para finalizar tem um almoço de fazenda. O passeio é surpreendentemente bom”, revelou Reinaldo!

Clique aqui e confira o depoimento!

Estância Mimosa Ecoturismo completa 22 anos de operação turística

A Estância Mimosa Ecoturismo, passeio de trilha e cachoeiras localizada em Bonito (MS), comemora 22 anos de história, tradições e atividades nesta segunda-feira, 07 de junho de 2021.

Fundada em 1999, o passeio encanta pelo seu contato intenso com a natureza. Visitantes contemplam a paisagem, caminham pelas trilhas e se deparam com cachoeiras de águas cristalinas e nadam em suas piscinas naturais proporcionando uma experiência singular de ecoturismo.

Além do passeio de trilhas e cachoeiras, a Estância Mimosa oferece passeio a cavalo, observação de aves e um almoço com pratos regionais, preparado em fogão à lenha.

Proteção

Em 2013, 65% da área total da Estância Mimosa foi transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN, uma categoria de Unidade de Conservação (UC) prevista no Sistema de Nacional de Unidade de Conservação (SNUC – Lei 9.985/2000), criada pela iniciativa do proprietário rural, ou seja, sem desapropriação de terra. No momento em que decide criar uma RPPN, o proprietário assume compromisso com a conservação da natureza, pois uma vez criada, tem caráter perpétuo.

Reconhecimento

Ao longo de sua trajetória e por sua responsabilidade socioambiental, a Estância Mimosa foi agraciada por importantes prêmios. Em maio deste ano conquistou o Prêmio ECO® 2020/2021 – o mais tradicional troféu de sustentabilidade empresarial do Brasil, promovido pela Amcham (Câmara Americana de Comércio para o Brasil), na Categoria Produtos e Serviços, para empresas Microempresas e Startup, com o trabalho “Sustentabilidade é a alma do nosso negócio: Estância Mimosa, Bonito, MS”.

Em 2019, recebeu o reconhecimento, junto com os outros atrativos do Grupo Rio da Prata, o Recanto Ecológico Rio da Prata e a Lagoa Misteriosa, de “Finalista do Prêmio 2019 Tourism for Tomorrow Awards”, realizado pelo WTTC (World Travel & Tourism Council), na categoria Destinations Stewardship Award, voltado para organizações líderes que ajudam no desenvolvimento sustentável do destino, beneficiando seus moradores e visitantes.

Foi vencedora no Prêmio ECO® 2018 realizado pela Amcham e Estadão se destacando na modalidade Práticas de Sustentabilidade, Categoria Produtos e Serviços, para Microempresas e Startup.

Em 2017 conquistou a Menção Honrosa Nacional no Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2017 pela sua relevância e capacidade de influência em favor do turismo sustentável; em 2012 recebeu o “Prêmio Estadual MPE Brasil”, nas categorias Turismo e Destaque Responsabilidade Social de Mato Grosso do Sul; em 2010 conquistou o 4º Prêmio Brasil de Meio Ambiente na categoria Categoria Melhor Trabalho em Ecoturismo e em 2009 conquistou o Prêmio estadual MPE Brasil na categoria Serviços de Turismo na região de Mato Grosso do Sul. Recebe anualmente o “Prêmio TripAdvisor – Certificado de Excelência”.

Círculo de Bananeiras na Estância Mimosa – Maio de 2021

O Círculo de Bananeiras é uma das práticas ambientais desenvolvida na Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS). Implantado em 2020 na fazenda, é uma técnica de destinação alternativa e sustentável das águas cinzas proveniente da cozinha, lavanderia e chuveiro.

Valdenir Souza, gerente do atrativo, fez um registro no qual mostra como está o local atualmente. “O Círculo de bananeiras já está em processo de frutificação, apresentando mamão, cachos de bananas e maracujá azedo.”

Clique aqui e veja o vídeo!

Sobre

É uma técnica de permacultura inovadora e de baixo custo que consiste na escavação de um buraco que é preenchido com troncos, galhos e palha que atuam como filtro.

As bananeiras são plantadas ao redor com o objetivo de absorver a água e os nutrientes, por isso as bananeiras crescem com mais vigor, produzindo frutos mais saudáveis. Uma técnica simples e que faz um diferencial enorme para o meio ambiente.

Estância Mimosa conquista Prêmio ECO da AMCHAM

A Estância Mimosa Mimosa, passeio de ecoturismo localizado em Bonito, no Mato Grosso do Sul, foi contemplada com o Prêmio ECO® 2020/2021, na Categoria Produtos e Serviços, para empresas Microempresas e Startup, com o trabalho “Sustentabilidade é a alma do nosso negócio: Estância Mimosa, Bonito, MS”.

O Prêmio ECO® 2020/2021 é o mais tradicional troféu de sustentabilidade empresarial do Brasil, promovido pela Amcham (Câmara Americana de Comércio para o Brasil). A divulgação dos vencedores foi realizada em cerimônia virtual na última quinta-feira (27).

É uma honra muito grande receber o Prêmio Eco. Um atestado de que o nosso trabalho está no caminho certo! Agradecemos a toda a nossa equipe de colaboradores, guias, motoristas, prestadores de serviços e fornecedores, afinal este prêmio é resultado do esforço conjunto de todos, de um trabalho em conjunto para atender os nossos visitantes e cuidar da nossa natureza. Nosso desejo como empresa familiar é encantar cada visitante com a beleza e delicadeza deste pedacinho de chão que é a Mimosa, o qual cuidamos com muito carinho. Assim, ficamos muito felizes em saber que encantamos os juízes do Prêmio Eco com nossas ações que, nada mais são do que a prova do amor que temos pela natureza, fauna e flora exuberantes da Serra da Bodoquena”, revela Luiza Coelho, Diretora de Sustentabilidade do atrativo.

Natureza Preservada

A Estância Mimosa Mimosa foi adquirida em 1998 já com a intenção de implantar um atrativo de ecoturismo, opção escolhida por ser a atividade que melhor permitiria a conservação ambiental de uma área de relevo acidentado, grande biodiversidade e com grandes extensões de florestas preservadas. Até a data da aquisição da Estância Mimosa, a pecuária era a única atividade econômica desenvolvida no local. Após esta data, iniciaram-se os trabalhos para implantação de infraestrutura turística, abrindo suas portas para a visitação em 1999.

Para preservar toda a beleza local, os proprietários da Estância Mimosa decidiram transformar 66% da área total da fazenda em Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN – um ato voluntário em constituir uma reserva natural permanente em sua propriedade. A RPPN Estância Mimosa foi criada oficialmente em fevereiro de 2013.

O local é o único atrativo de turismo em Bonito (MS) que oferece trilhas e cachoeiras dentro de uma RPPN no qual é possível desfrutar de um contato direto com a natureza preservada, caminhar por trilhas em meio à floresta, avistar mais de 250 espécies de aves ou se deparar com uma das 32 espécies de mamíferos catalogados.

Reconhecimento

Em 2018 os atrativos do Grupo Rio da Prata, Recanto Ecológico Rio da Prata, Lagoa Misteriosa e Estância Mimosa também se destacaram e conquistaram o Prêmio ECO® 2018. A Estância Mimosa conquistou a Categoria Produtos e Serviços, para empresas Microempresas e Startup, com o trabalho “Estância Mimosa na trilha do ecoturismo”. Já o Recanto Ecológico Rio da Prata e a Lagoa Misteriosa conquistaram, também, melhores pontuações na modalidade Práticas de Sustentabilidade, Categoria Produtos e Serviços, para empresas de Pequeno e Médio porte, com o trabalho “Recanto Ecológico Rio da Prata e Lagoa Misteriosa: Gestão de atrativos de ecoturismo”.

Sobre o Prêmio

Lançado pela Amcham em 1982, o Prêmio ECO® foi pioneiro no reconhecimento de empresas que adotam práticas responsáveis e gera periodicamente uma rica reflexão sobre o desenvolvimento empresarial sustentável no Brasil. Em sua 38ª edição, dá voz às ideias, ações e esforços que promovem as melhores práticas empresariais voltadas à sustentabilidade dos negócios, da sociedade e do meio ambiente.

A edição do Prêmio Eco deste ano avaliou mais de 129 iniciativas com um time de 59 jurados e especialistas reuniu o que aconteceu de mais transformador no tema no país. 25 iniciativas foram vencedoras.

Experiência perfeita, revela depoimento de visitante sobre a Estância Mimosa

Localizada à 24 km de Bonito (MS), a Estância Mimosa Ecoturismo, surpreende seus visitantes não só pelas cachoeiras, mas também com a variedade de fauna e flora que podem ser observadas no local, bem como a gastronomia preparada em fogão à lenha. Uma experiência que agrada corpo e alma.

No início de maio, Vanessa Mateucci Nava, de Palotina, no interior do Paraná, visitou o destino de ecoturismo brasileiro pela primeira vez acompanhado por seus familiares Alcione Nava, Miguel Mateucci Nava e Laura Mateucci Nava, e a Estância Mimosa Ecoturismo fez parte do seu roteiro de viagens.

Sobre a visita, disse:

Nossa experiência foi perfeita na Estância Mimosa, o lugar é um charme, tem uma tranquilidade única e a natureza realmente nos impressionou, as cachoeiras são incríveis. Nos sentimos seguros em todo o passeio, valeu muito a pena“!

Veja abaixa registros de alguns momentos no atrativo: