Grupo Rio da Prata celebra o Dia Nacional das Reservas Particulares do Patrimônio Natural

Comemoramos hoje, 31 de Janeiro, o Dia Nacional das Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs).
⠀⠀
As RPPNs são áreas criadas voluntariamente pelos proprietários, que tem como principal característica constituir uma reserva natural permanente em suas propriedades!⠀

Luiza Coelho, Diretora de Sustentabilidade do Grupo Rio da Prata, do qual fazem parte os passeios Estância Mimosa Ecoturismo, em Bonito (MS); e o Recanto Ecológico Rio da Prata e a Lagoa Misteriosa, em Jardim (MS), conta um pouco da história das RPPNs. Confira: ⠀


“Em 1999, 300 hectares de matas ciliares protegendo toda a extensão do rio Olho D’Água no Recanto Ecológico Rio da Prata foram oficialmente transformadas em uma RPPN – Reserva Particular do Patrimônio Natural.⠀

Uma prova real do nosso amor pela natureza, pois através desta categoria de Unidade de Conservação Perpétua e Privada asseguramos oficialmente a preservação desse tesouro e da biodiversidade.

Em 2013, foi a vez de 65% da área total da Estância Mimosa Ecoturismo também se transformarem em uma RPPN, protegendo toda a mata ciliar do rio Mimoso e áreas de morraria.

Logo, a Lagoa Misteriosa também será uma RPPN, esta categoria de reserva que só permite pesquisa e visitação sustentável.

Gratidão a todos os nossos visitantes do Grupo Rio da Prata que são nosso apoio para continuarmos nosso trabalho de propósito maior que é cuidar da natureza para as futuras gerações e também a todos que contribuem do meio ambiente”.

Diretora de Sustentabilidade do Grupo Rio da Prata participa de webinar promovido pelo SESC Pantanal

Luiza Coelho, Diretora de Sustentabilidade do Grupo Rio da Prata, no qual fazem parte os atrativos Estância Mimosa Ecoturismo, Lagoa Misteriosa e o Recanto Ecológico Rio da Prata, localizados em Bonito e Jardim (MS), participa na quinta-feira (21) do webinar “Turismo, natureza e sustentabilidade – novas fronteiras da inovação”.

O evento, realizado pelo Polo Socioambiental Sesc Pantanal e a Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta), teve início na última segunda-feira (18).

Luiza Coelho participa do painel: “Negócios que regeneram o futuro”, ao lado de Simone Scorsatto, executiva da Brazilian Luxury Travel Association (BLTA) e Claudia Baumgratz, gerente do Comuna do Ibitipoca.

O evento é online, gratuito e a transmissão do webinar será pelo Youtube do Sesc Pantanal ( https://www.youtube.com/c/SescPantanaloficial ), das 9h às 11h (horário de Brasília) .

Participe!

Uso de energia solar na Estância Mimosa e Recanto Ecológico Rio da Prata

Entre as diretrizes de sustentabilidade da Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) e do Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS), atrativos que integram o Grupo Rio da Prata, está a implantação dos seus sistemas de energia solar fotovoltaico, inaugurados em junho de 2020!!⠀

Na Estância Mimosa são 2 estruturas, cada uma com 30 placas, totalizando 60 módulos com produção mensal de 3.000,00 kWh em 120 m², equivalente a 9 casas populares. Em um ano, o empreendimento deixará de emitir 885,60 Kg de dióxido de carbono (CO2), com preservação de 7 árvores no processo.⠀

A Estância Mimosa produziu, em agosto deste ano, 2,92 MWh de energia.⠀

No Recanto Ecológico Rio da Prata são 4 estruturas com 72 placas, somando 288 módulos com produção mensal de 12.060,00 kWh em uma área de 576 m², equivalente a 35 residências populares. Anualmente, o atrativo deixará de emitir 3.560,11 kg de dióxido de carbono (CO2), equivalente ao plantio de 28 árvores.⠀

E em agosto deste ano, o atrativo gerou 10,59MWh de energia.

A geração da própria energia elétrica nos atrativos promove as boas práticas do turismo sustentável, tornando-o cada vez mais responsável e voltado aos aspectos sociais, econômicos e ambientais.⠀ Isso é sustentabilidade!

Quer conhecer as Diretrizes de Sustentabilidade da Estância Mimosa? Acesse: estanciamimosa.eco.br