Estância Mimosa Ecoturismo recebe melhorias na Cachoeira do Sinhozinho

Foi finalizado no dia 06 de abril o novo deck da Cachoeira do Sinhozinho, na Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito- MS).

O deck teve sua altura aumentada em relação à água, para evitar possíveis danos em decorrência das fortes chuvas que ocasionalmente atinge a região. A escada também foi construída para facilitar o acesso dos turistas na água.

O novo deck, além do conforto e segurança, auxilia na preservação do meio ambiente, pois através deste acesso a natureza próxima ao rio não é danificada.

“O antigo foi substituído por este com a finalidade de acomodar melhor nossos visitantes”, disse Luiza Coelho, Diretora de Sustentabilidade do atrativo.

Para complementar a obra, um banco foi instalado. Ele servirá como apoio e também para momentos de descanso dos visitantes.

Tanto o deck quanto o novo banco foram construídos pelo colaborador Eduardo Kleim, auxiliar do mestre de obra Francisco Alves, conhecido como “Seu Tico”.

Sobre a Cachoeira do Sinhozinho

Linda cachoeira que abrange toda a margem do rio. As quedas d’água são de fácil acesso, há também rochas que acomodam o visitante sentado ou em pé na água. Segundo a lenda contada na região, Sinhozinho foi um velho curandeiro que viveu as margens do Rio Mimoso. Visite a cachoeira e conheça um pouco do folclore da região.

Estância Mimosa é uma RPPN

65% da área total da Estância Mimosa, fazenda localizada em Bonito (MS), foi transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN.

A propriedade tem 420 hectares, e destes 271. 7588 ha. (duzentos e setenta e um hectares e sete mil e quinhentos e oitenta e oito metros quadrados), foram transformados em uma RPPN.

A resolução da criação da RPPN foi divulgada no dia 18 de fevereiro no Diário Oficial pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do sul (Semac).

O proprietário terá o prazo de 60 (sessenta) dias a contar da publicação da presente. Resolução para proceder à averbação do Termo de Compromisso firmado perante o Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul – IMASUL e do presente ato de reconhecimento da RPPN na matrícula do imóvel junto ao Cartório de Registro de Imóveis competente, encaminhando cópia autenticada dessa matrícula constando a averbação ao IMASUL.

RPPN Estância Mimosa
RPPN Estância Mimosa

Estância Mimosa Ecoturismo se torna uma RPPN

Será publicado no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul na próxima segunda-feira (18), a resolução da criação da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) na fazenda Estância Mimosa Ecoturismo, localizada no destino de ecoturismo – Bonito.

O processo para criar a RPPN Estância Mimosa iniciou-se em 2007, e incentivados pelo 4° Edital do Programa de Incentivo às RPPN do Pantanal viabilizado pela REPAMS (Associação de Proprietários de Reservas Particulares do Patrimônio Natural de Mato Grosso do Sul) foi uma oportunidade para sua finalização junto ao órgão ambiental.

66% da área total da fazenda Estância Mimosa é transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN).

RPPN

Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) é uma categoria de Unidade de Conservação (UC) prevista no Sistema de Nacional de Unidade de Conservação (SNUC – Lei 9.985/2000), criada pela vontade do proprietário rural, ou seja, sem desapropriação de terra. No momento em que decide criar uma RPPN, o proprietário assume compromisso com a conservação da natureza, pois uma vez criada, será para sempre.

Foto: Thyago Sabino

Estância Mimosa conquista duas categorias no Prêmio MPE Brasil 2012

A Estância Mimosa Ecoturismo e o Recanto Ecológico Rio da Prata, passeios de turismo localizados respectivamente em Bonito e Jardim, no Mato Grosso do Sul, conquistaram o Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas (MPE Brasil), edição estadual para o ciclo 2012 – Prêmio MPE Brasil 2012.

A cerimônia aconteceu no auditório da FIEMS, em Campo Grande, no dia seis de dezembro.

Os premiados do MPE Brasil se destacaram dentre as mais de 700 empresas inscritas no Estado. Após um processo de autoavaliação no qual deveriam responder a um questionário sobre o próprio negócio, 26 foram selecionadas para receber em outubro a visita dos avaliadores do prêmio. Destas, 10 foram finalistas e sete contempladas.

Entre as empresas participantes foram premiadas na categoria Turismo o Recanto Ecológico Rio da Prata e a Estância Mimosa Ecoturismo, que conquistou também a categoria Destaque em Responsabilidade Social Empresarial.

Ela foi contemplada através da utilização do ecoturismo como ferramenta em prol da sociedade, valorizando, por exemplo, a cultura local.

Para a gestora de ambos os empreendimentos, Simone Spengler Coelho, o prêmio é um reconhecimento da ações desenvolvidas nos passeios.

Para nós esse prêmio é uma grande emoção, pois mostra que estamos no caminho certo e traz uma reflexão maior dentro do nosso negócio, da nossa gestão. É um grande aprendizado e uma grande motivação para nos aperfeiçoarmos cada vez mais“, revela.

Sobre a conquista da Estância Mimosa na categoria Responsabilidade Social, Simone revela algumas ações desenvolvidas junto à sociedade, assim como importantes parcerias para a conservação ambiental.

Temos ações ambientais contínuas em parceria com os projetos de Educação Ambiental das escolas públicas da região de Bonito; parceria com o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), que consiste em reeintegrar os animais na natureza, e trabalhamos com ONGs da região, como o Instituto das Águas da Serra da Bodoquena (IASB), entre outros”, diz.

Simone agradece também a equipe que atuam nas empresas. “Estamos muito felizes e agradecidos. Esse prêmio é uma conquista de toda nossa equipe que se dedica e se esforça ao máximo para manter a qualidade, a produtividade e competitividade”.

A próxima etapa do Prêmio ocorre em âmbito nacional. Automaticamente os vencedores da etapa Mato Grosso do Sul concorrem com outras empresas do Brasil.

“Estamos motivados, vamos aguardar as considerações para saber como proceder”, finaliza Simone.

Foto: Daniel Allen

Estância Mimosa recebe equipe do Programa Sem Destino

No dia 9 de janeiro, a Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) recebeu a visita da equipe do Programa Sem Destino, exibido no canal Multishow, que relata as aventuras de quatro meninas pelo Brasil, utilizando como meio de transporte: bicicletas.

O grupo, formado por: Raquel Fendrick, Julia Ericson, Carol Guarnieri, Charlotte Brucher (Apresentadoras); Marcio Silva (diretor e cinegrafista); Flavia Acar (produtora); Robson Malaquias (assistente); Ricardo Couri (cinegrafista); Sebastião Carvalho (motorista), contou com a companhia do Gerente de Turismo, Luis Thiago.

Eles realizaram o passeio de trilha e banhos nas cachoeiras de águas cristalinas da Estância Mimosa.

Estância Mimosa recebe equipe do Programa Sem Destino
Estância Mimosa recebe equipe do Programa Sem Destino

Sobre o Programa:

A quinta temporada do “Sem Destino” começa com uma novidade. A carioca Gabriela Pinzato, de 21 anos, se junta a Júlia Ericson, Carol Guarnieri e Raquel Iendrick para um passeio por lugares paradisíacos no Rio Grande do Sul, na Bahia e em cidades incríveis do Uruguai.
Na primeira etapa da viagem, as meninas foram de Torres, no Rio Grande do Sul, até Colônia de Sacramento, no Uruguai. Em Tavares (RS), Julia, Carol, Raquel e Gabriela ficaram hospedadas em um haras no Parque Nacional Lagoa do Peixe, um dos parques nacionais mais ricos em biodiversidade no Brasil. Lá, conheceram a culinária local e provaram o famoso churrasco gaúcho de fogo de chão!
Na terra do vento, elas praticaram muito kitesurfe e stand up paddle ao lado dos leões marinhos e ainda tiveram o privilégio de inaugurar a primeira trilha aquática da Estação Ecológica do Taim, que fica entre os municípios de Rio Grande e Santa Vitória do Palmar.
Já no Uruguai, as meninas conheceram o famoso parque de Santa Teresa e alugaram uma casinha de madeira para desbravar o vilarejo de Punta Del Diablo. Em Punta Del Este, curtiram um cassino e aproveitaram a noite, fazendo jus à fama do lugar. Ainda rolou uma parada em Montevidéu e na charmosa e histórica Colonia de Sacramento.
Na segunda e última etapa do trajeto, mais um pouco de Brasil, da Chapada Diamantina ao extremo sul da Bahia. Visitando cidades como Lençóis, Mucugê, Ibicoara e Corumbau, as meninas fizeram muito esporte (rapel, surfe, bike) e conheceram algumas das cachoeiras e paisagens mais lindas do país.

Doutorando finaliza trilha na Estância Mimosa para de coleta de anfíbios

Com o objetivo de auxiliar seu estudo sobre os anfíbios existentes na Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS), o aluno de Doutorado em Ecologia e Conservação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Zé Luiz Massao Sugai, finalizou uma trilha de acesso aos locais onde foram constatados a incidência de anfíbios.

De acordo com Massao, a demarcação da trilha é fundamental para a realização de seu estudo. “Antes de fazer a coleta, precisei marcar muitas trilhas de acesso aos pontos e conhecer bem os locais por segurança, já que a amostragem será feita também durante a noite”.

Ao todo foram marcado 30 pontos.

As coletas das espécies estão previstas para iniciar neste mês.A previsão é que a primeira etapa do estudo finalize em maio de 2013.

Estância Mimosa recebe vencedora do concurso cultural da ABETA

No dia 19 de novembro, a Estância Mimosa Ecoturismo (MS) recebeu a visita de Maira Teixeira, vencedora do concurso cultural da ABETA – Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura .

O concurso consistia no envio de uma imagem junto a um destino de natureza e também que a foto fosse curtida mais vezes no facebook.

Maira enviou uma foto da Cachoeira Tempo Perdido em Capivari, em Minas Gerais e a imagem conquistou 1.601 curtidas.

Ela foi contemplada com uma viagem de 6 (seis) dias e 5 (cinco) noites com mais 3 (três) acompanhantes para Bonito e Pantanal (MS).

Na Estância Mimosa, o grupo realizou o passeio de trilhas e cachoeiras e aproveitaram para comentar que gostaram muito do local, acharam as cachoeiras impressionantes e que são diferentes da região onde eles moram.

Concurso cultural da Abeta oferece viagem a Bonito como prêmio
Concurso cultural da Abeta oferece viagem a Bonito como prêmio

 

Plantio de mudas é feito por alunos na Estância Mimosa

O plantio de mudas é  uma forma dos alunos colocarem em prática o que aprendem em sala de aula.

A Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) recebeu nos dias 24 e 25 de outubro, alunos da escola Albert Sabin, de São Paulo, através da Ambiental Expedições, para mais uma visita integrante do Projeto Roteiro Estudo do Meio realizado no atrativo que alia lazer com educação ambiental, colocando em prática o conteúdo aprendido em sala de aula.

Também a visita é uma comemoração antecipada da festa de formatura da turma do 9º ano, “no qual eles efetuam o plantio de mudas e aproveitam as cachoeiras do Rio Mimoso”, revelou o gerente do atrativo, Luís Thiago.

Ao todo participaram da visita cerca de 120 alunos.

Além do passeio de trilhas e cachoeiras, os alunos conheceram as hortas orgânica e mandala e junto com integrantes do Instituto das Águas da Serra da Bodoquena (IASB), realizaram um plantio de mudas na fazenda.

Plantio de mudas é feito por alunos na Estância Mimosa
Plantio de mudas é feito por alunos na Estância Mimosa

Sobre a Estância Mimosa Ecoturismo

A Estância Mimosa localiza-se na cidade de Bonito, no interior de Mato Grosso do Sul. Oferece passeio de trilha e cachoeiras, passeio a cavalo, observação de aves e oferece uma gastronomia típica da região. As reservas das atividades devem ser realizadas pelas agências de turismo da região. Recomenda-se certa antecedência durante período de férias e feriados já que existe um limite diário para receber os visitantes . Ao visitar o destino de ecoturismo inclua o atrativo turístico em seu roteiro. Uma experiência única junto à natureza. Mais informações podem ser obtidas no site:

www.estanciamimosa.com.br

Estância Mimosa é citada em revista especializada em turismo

A Estância Mimosa é um dos destaques da publicação. A edição de outubro da Revista Viagem e Turismo, publicação da Editora Abril, traz em suas páginas reportagem especial sobre o melhor destino de ecoturismo brasileiro: Bonito, no Mato Grosso do Sul.

Com o título “É Bonito, é Bonito e é Bonito”, a autora do texto Elaine Ianicelli reforça que a cidade é uma das que mais souberam aliar turismo e preservação ambiental, conservando assim a “beleza escondida sob o solo”.

Entre os passeios citados está a Estância Mimosa Ecoturismo, com suas trilhas e cachoeiras, o almoço e o passeio a cavalo.

Confira o texto:

“A tarde pode ser bem agradável na Estância Mimosa, que serve almoço preparado no fogão a lenha – redes estarão esperando você para a sesta. Refeito, você pode ainda conhecer algumas das sete cachoeiras – uma delas com plataforma de 6 metros para salto. Terminei o dia ali mesmo, com uma cavalgada no meio da vegetação verdinha, o sol se pondo por trás das montanhas”.

Além da Estância Mimosa Ecoturismo, o texto faz referência aos passeios: de bote pelo Rio Formoso, Balneário do Sol, Boca da Onça, Gruta de São Miguel, Gruta do Lago Azul, Boia Cross no Rio Formoso, Abismo Anhumas, Recanto Ecológico Rio da Prata, Buraco das Araras e o Projeto Jiboia.

A reportagem traz ainda um guia com dicas para se hospedar, comer, passear, chegar em Bonito e ainda, empresas que levam o turista ao destino.

Leia mais em: http://viajeaqui.abril.com.br/materias/bonito-ecoturismo

Estância Mimosa é citada em revista especializada em turismo
Estância Mimosa é citada em revista especializada em turismo

Sobre a Estância Mimosa Ecoturismo

A Estância Mimosa localiza-se na cidade de Bonito, no interior de Mato Grosso do Sul. Oferece passeio de trilha e cachoeiras, passeio a cavalo, observação de aves e oferece uma gastronomia típica da região. As reservas das atividades devem ser realizadas pelas agências de turismo da região. Recomenda-se certa antecedência durante período de férias e feriados já que existe um limite diário para receber os visitantes . Ao visitar o destino de ecoturismo inclua o atrativo turístico em seu roteiro. Uma experiência única junto à natureza. Mais informações podem ser obtidas no site:

www.estanciamimosa.com.br

Observação de aves atrai estudante recém formado à Estância Mimosa

Observação de aves atrai estudante recém formado à Estância Mimosa
Observação de aves atrai estudante recém formado à Estância Mimosa

No dia 05 de outubro, a Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) recebeu a visita de Caio Bezerras de Matos Brito, estudante recém formado em Biologia, para a realização do passeio de observação de aves na fazenda e aproveitou para conhecer as cachoeiras e a horta orgânica.

Caio revelou a equipe da Estância Mimosa que seu objetivo no momento é viajar pelo Brasil para aumentar seu conhecimento quanto à atividade.

Antes de chegar em Bonito, Caio passou por outras regiões brasileiras.”O turista saiu de Fortaleza (CE), desceu para Blumenau (SC) e seguiu viajem até Foz do Iguaçu (PR). Depois veio para Bonito e a próxima parada em Mato Grosso do Sul será o Pantanal. Continuam no roteiro do viajante a cidade de Goiás ou Tocantins, retornando então para o ponto de partida: Fortaleza”, revelou a equipe da Mimosa.

Outro fato curioso é que Caio decidiu fazer a viagem em uma moto de 125 cilindradas, “dorme em postos de gasolina e nem por isso deixa de pagar para usufruir dos melhores passeios nas regiões nas quais está visitando”.

A viagem de Caio já está dando frutos. Caio já conseguiu aumentar a quantidade de aves em sua lista particular. Atualmente já catalogou 18.

Sobre a observação de aves na Estância Mimosa

A Estância Mimosa é um destino cativante para amantes da observação de aves. Os adeptos dessa atividade encontram no atrativo um roteiro específico acompanhado sempre por um guia especializado e bilíngue.
Localizada em uma região de grande diversidade ambiental, dentro do Bioma Cerrado, a Estância Mimosa possui mais de 250 espécies registradas.
O passeio de observação é realizado nas áreas de mata e morraria da fazenda no início da manhã. A sede da fazenda com sua lagoa é também um excelente ponto para observação, assim como as estradas internas. Espécies raras como o Pica-pau anão já foram vistas ao redor da sede da fazenda.